Falcão e o Soldado Invernal: veja 5 easter eggs do episódio final

Imagem de: Falcão e o Soldado Invernal: veja 5 easter eggs do episódio final
Imagem: Disney+/Reprodução

ATENÇÃO: SPOILERS À FRENTE!

Com a exibição do último episódio de Falcão e o Soldado Invernal no Disney+, muitos fãs perceberam alguns easter eggs importantes que ajudaram a compor a narrativa do MCU de um jeito interessante.

Além das incríveis revelações vistas ao longo do episódio, o desfecho ainda trouxe pistas para outros eventos que deverão acontecer no Universo Cinematográfico da Marvel.

Com essa lista, vamos analisar algumas dessas referências implícitas e explícitas, além de pensar sobre o futuro de todos esses personagens a partir de algumas especulações.

Dessa forma, confira 5 easter eggs presentes no episódio final de Falcão e o Soldado Invernal!

5. Trajes originais dos quadrinhos

Algumas cenas da série também evidenciaram certos movimentos já vistos nos quadrinhos da Marvel. (Disney+/Marvel/Reprodução)Algumas cenas da série também evidenciaram certos movimentos já vistos nos quadrinhos da Marvel. (Disney+/Marvel/Reprodução)Fonte:  Disney+/Marvel 

Uma das coisas mais legais dessa nova série é a fidelidade que as tramas têm com os quadrinhos. Além disso, ela também tem muitas referências visuais das obras originais, criando um universo ainda mais rico do que poderia ser.

Com isso, os fãs das histórias da Marvel viram pela primeira vez os trajes do Capitão América, de Sam Wilson (Anthony Mackie), e do Agente Americano, de John Walker (Wyatt Russell), definitivamente ganharem vida com todos os detalhes já anteriormente vistos nos quadrinhos.

4. Capitão América vs. Batroc

Nos quadrinhos, a cena em questão foi ilustrada por Stuart Immonen e desenvolvida por Rick Remender. (Disney+/Marvel/Reprodução)Nos quadrinhos, a cena em questão foi ilustrada por Stuart Immonen e desenvolvida por Rick Remender. (Disney+/Marvel/Reprodução)Fonte:  Disney+/Marvel 

Pode ser apenas uma coincidência feliz que a série promoveu, mas é muito legal que a primeira luta de Sam como Capitão América seja contra Batroc (Georges St-Pierre) — algo que também acontece nos quadrinhos originais sobre a transição do personagem.

É interessante perceber, nesse sentido, que após as revelações de Sharon Carter (Emily VanCamp), o público finalmente descobre as verdadeiras intenções de Batroc. Mesmo com as controvérsias, devemos agradecer a ele por proporcionar momentos tão intensos com a ascensão do novo Capitão América.

3. O retorno da Jangada

A prisão de segurança máxima está localizada no meio do oceano.(Disney+/Reprodução)A prisão de segurança máxima está localizada no meio do oceano.(Disney+/Reprodução)Fonte:  Disney+ 

Vista pela última vez no filme Capitão América: Guerra Civil, lançado em 2016, a famosa prisão para importantes criminosos é o local para onde as Dora Milaje levaram o Barão Zemo (Daniel Brühl). No episódio final, a Jangada aparece brevemente para mostrar que o vilão era responsável pela explosão dos últimos integrantes dos Flag-Smashers.

Mesmo que pareça uma cena curta e quase sem importância, ela pode indicar alguns eventos já conhecidos nos quadrinhos, sobretudo por conta da cena seguinte que mostra John Walker se transformando no Agente Americano.

O personagem, originalmente, era um guarda da Jangada, encarregado de vigiar um grupo de vilões que mais tarde se articulavam em operações sobrenaturais. Será que isso será abordado em breve?

2. A provável introdução do Patriota

Elijah Richardson é o intérprete do jovem Eli Bradley na série da Marvel. (Disney+/Reprodução)Elijah Richardson é o intérprete do jovem Eli Bradley na série da Marvel. (Disney+/Reprodução)Fonte:  Disney+ 

Caminhando para o desfecho do episódio, Sam convida Isaiah Bradley (Carl Lumbly) para visitar um memorial dedicado aos grandes feitos dos heróis nos Estados Unidos. É por lá que o Super Soldado se depara com uma estátua em sua homenagem, agradecendo a Sam por tudo. Quem acompanha a dupla é Eli (Elijah Richardson), o neto de Isaiah.

Vale destacar que, nos quadrinhos, o personagem assume o codinome de Patriota, utilizando um escudo como arma, justamente para honrar o legado de sua família. A partir disso, ele se torna um dos membros dos Jovens Vingadores, uma nova equipe que se completa ainda com Kate Bishop, de Gavião Arqueiro, e os gêmeos Tommy e Billy, filhos de Wanda Maximoff, já vistos em WandaVision.

Será que isso vai acontecer em produções futuras?

1. A nova agente Carter

Cena pós-créditos mostra mais detalhes sobre Sharon Carter. (Disney+/Reprodução)Cena pós-créditos mostra mais detalhes sobre Sharon Carter. (Disney+/Reprodução)Fonte:  Disney+ 

Quem já conhece as produções da Marvel sabe muito bem que não se pode confiar em um simples desfecho. Após os créditos, geralmente, há uma cena que fornece novidades aos espectadores, movimentando ainda mais a curiosidade sobre o que pode vir por aí. Nesse sentido, o encerramento da série traz uma cena com Sharon Carter muito interessante.

Após ser exilada em Madripoor, ela é finalmente perdoada e aceita seu antigo emprego. No entanto, muitos ainda não sabem que ela agora é a Power Broker, a famigerada Mercadora do Poder. Na ocasião, o senador até mesmo a chama de Agente Carter, referindo-se à Peggy Carter, sua tia-avó.

Entretanto, agora as intenções de Sharon estão totalmente voltadas a vender segredos e tecnologia do governo para quem se interessar. Algo que a primeira Agente Carter jamais faria, não é mesmo?

Imagem: Assine o Disney Plus
Imagem: Tecmundo Recomenda

Assine o Disney Plus

Assista o novo Star Wars: The Bad Batch e mais séries e filmes originais do universo Star Wars, Marvel, Pixar, National Geographic no Disney+. Tudo isso por apenas R$ 27,90/mês.

Fontes