Walker: showrunner fala sobre o que esperar dos próximos episódios

Imagem de: Walker: showrunner fala sobre o que esperar dos próximos episódios
Imagem: The CW/Divulgação

Com a proximidade do aniversário de morte de Emily, cuja morte foi o evento que deu início à trajetória de Walker, a showrunner Anna Fricke aproveitou para falar sobre o que podemos esperar dos próximos episódios. Em entrevista para a EW, o seu viúvo tem muito para lidar, e os seus dramas familiares vão transformar o personagem.

O seriado aborda temas como o luto e a família. Reencontrar a sua família após um ano longe e se reacostumar com a rotina foram verdadeiros desafios para Walker (Jared Padalecki). Porém, talvez não tão grandes como os que vêm pela frente.

O que esperar dos próximos episódios de Walker?

Segundo Anna Fricke, a morte de Emily (Genevieve Padalecki) afetou as pessoas de formas diferentes. Até o último episódio transmitido, era como se a ficha não tivesse caído. Por mais que ele estivesse em casa há alguns meses, Walker parecia desconectado, principalmente com o pai. Afinal, Emily era quem mais cuidava de suas filhas.

Aliás, Stella e Abeline também sentem falta de sua mãe, e encontrar uma forma de lidar com a morte neste aniversário pode ser justamente o que todos precisam para se reconectarem como família. Porém, Walker deverá respeitar os limites das garotas, já que elas ainda se sentem ressentidas por ele ter passado tanto tempo longe.

E não são só os Walker terão desafios pela frente. A mãe de Micki chegou à cidade repentinamente, e a showrunner da série frisou que o relacionamento delas nunca foi fácil. Elas não se falam há anos, e muitas das escolhas de Micki desagradam Adriana. Porém, Fricke deixou claro que a personagem não está só de passagem pela série, e os produtores querem desenvolver o arco de Micki e Adriana.

(Fonte: The CW/Divulgação)(Fonte: The CW/Divulgação)

Um dos aspectos mais interessantes desse relacionamento será a forma como lidamos com os nossos pais quando adultos. Para Anna, Micki deve assumir uma atitude quase de adolescente, já que muitos de seus tramas se remetem justamente a essa época. De alguma forma, as duas devem crescer juntas e aprender a ser mãe e filha novamente.

Walker, da CW, estreou em janeiro de 2021 e rendeu à Warner uma das maiores audiências dos últimos anos. De acordo com o portal ComicBook, a série foi a melhor estreia de quinta-feira desde 2018, com quase 2,5 milhões de espectadores acompanhando-a nos Estados Unidos. Os episódios são transmitidos sempre às quintas, mas ainda não estrearam no Brasil.

O que você está achando da 1ª temporada de Walker? Deixe a sua opinião no espaço abaixo e compartilhe o artigo nas redes sociais.

Fontes

Walker: showrunner fala sobre o que esperar dos próximos episódios