Punky Brewster: saiba tudo sobre o final da 1ª temporada (recap)

Imagem de: Punky Brewster: saiba tudo sobre o final da 1ª temporada (recap)
Imagem: Peacock/Reprodução

ATENÇÃO, SPOILERS À FRENTE!

A sitcom Punky Brewster (também conhecida no Brasil como Punky, A Levada da Breca) estreou sua continuação em 25 de fevereiro de 2021 pelo streaming Peacock. A 1ª temporada, composta por 10 episódios hilários, adicionou novas questões para a obra de David W. Duclon, exibida originalmente entre 1984 e 1988.

Uma das coisas que mais chamaram a atenção dos espectadores, no entanto, foi o episódio final da série. Intitulado como “Mother’s Day” (Dia das Mães, em uma tradução livre), a trama expandiu seus horizontes ao desenvolver de forma emocionante alguns dos principais conflitos apresentados pelos roteiristas em um primeiro momento.

Saiba mais sobre o episódio 1x10 de Punky Brewster com o nosso recap!

(Reprodução)(Reprodução)Fonte:  Peacock 

Punky Brewster: continuação da série clássica é apresentada aos espectadores no streaming Peacock

A continuação da série Punky Brewster, dos anos 1980, investe em novas relações para os personagens principais. No começo, os espectadores ficam sabendo como está a vida de Punky (interpretada por Soleil Moon Frye) depois de tantos anos. Agora, ela é uma mulher independente que possui filhos e alguns problemas para lidar.

Mesmo com diversas questões postas à prova, a personagem continua, no fundo, com as mesmas características que a marcaram anteriormente. É óbvio que outros traços de personalidade foram adicionados nesses novos episódios, o que acrescenta diversas nuances e conflitos interessantes.

Tudo é construído de uma forma única, crescendo instintivamente para ser concluído em um desfecho curioso e bem trabalhado. No início do episódio 10, entretanto, parecia que o público não veria Susan (Sharon Lawrence), a mãe biológica de Punky, junto de sua filha a tempo.

De alguma forma, esse estava sendo o grande conflito até então: promover um reencontro difícil e até brutal para a protagonista. Afinal de contas, ela precisava se encontrar com a mulher que a abandonou quando ela era uma criança indefesa, mesmo que isso significasse enfrentar seus mais profundos sentimentos de rejeição e decepção.

(Reprodução)(Reprodução)Fonte:  Peacock 

É notável perceber que Punky estava bastante disposta a ter uma conversa com Susan, mesmo passando por algumas situações cômicas no meio do caminho. A personagem então vai parar em uma reunião dos Alcoólicos Anônimos quando segue sua mãe biológica. Isso já foi capaz de fornecer algumas pistas aos espectadores sobre o que viria a seguir.

Nesse momento, Susan confessa ao grupo que estava sóbria há algum tempo e que esperava ser uma pessoa melhor para a filha da qual desistiu anos atrás. Ao ouvir tudo isso de perto, Punky se revela como a filha de Susan. As duas têm uma longa conversa, marcada, sobretudo, pelos inúmeros pedidos de perdão e justificativas sobre a época do abandono.

Punky afirma ter perdoado sua mãe, mesmo depois de todo o ressentimento acumulado, mas que não precisava que ela desempenhasse esse papel em sua vida. Em meio a diversas lágrimas, ambas descobrem as coisas que têm em comum.

Isso tudo ocorreu em paralelo com a possível adoção de Izzy (Quinn Copeland) por Punky — trazendo uma narrativa interessante para a esperada 2ª temporada.

O que achou da continuação da série Punky Brewster?

Fontes

Punky Brewster: saiba tudo sobre o final da 1ª temporada (recap)