Chicago PD 8x6: Halstead encara um dilema moral (Recap)

Imagem de: Chicago PD 8x6: Halstead encara um dilema moral (Recap)
Imagem: NBC/Reprodução

ATENÇÃO: SPOILERS À FRENTE!

O episódio 6 da 8ª temporada de Chicago PD traz um difícil dilema para o detetive Jay Halstead. O caso da semana deixa o distrito pensativo em relação a seus próprios valores pessoais.

Confira o recap completo a seguir!

Mais detalhes do episódios 8x6 de Chicago PD

Ruzek, Burguess e Halstead estão de tocaia em meio a uma investigação de um cartel de drogas quando apreendem Lattrell Wade. O homem, no entanto, se defende dizendo que seu filho foi assassinado e nada foi feito a respeito pela polícia.

Na sala de interrogação, Halstead fica confuso sobre o que o caso tem a ver com os traficantes. Lattrell então revela que se infiltrou na quadrilha para tentar descobrir o assassino de seu filho, Sean. O homem também passou todas as informações que havia descoberto para o departamento.

Voight e Halstead explicam para Lattrell que é possível iniciar a investigação começada por ele, mas que ele cometeu um crime. Dessa forma, ele poderia atuar como réu cooperativo junto com a polícia para que fosse absolvido e, ao mesmo tempo, ajudasse a equipe a capturar a quadrilha. Lattrell concorda.

No meio da investigação, os detetives descobrem que Sean era um membro de gangue registrado, o que os faz pensar que o jovem estava envolvido com Dante, o chefe dos traficantes, o que acabou resultando em sua morte. Halstead confronta Lattrell e o pede para dizer a verdade sobre Sean. Ele diz que, em uma certa vez, encontrou um envelope com dinheiro entre os pertences de seu filho, porém, nega a possibilidade de Sean estar envolvido com a gangue.

(NBC/Reprodução)(NBC/Reprodução)Fonte:  NBC 

O assassino é descoberto e gera um dilema moral

Eventualmente, a equipe descobre que o assassino de Sean era Kayvon Maclaine, um dos subordinados de Dante, que era envolvido com uma moça chamada Erika Moore, com a qual Sean foi visto pelo membro da gangue.

Halstead passa o resto do episódio com um dilema moral, uma vez que ele descobriu que Lattrell encontrou Kayvon antes da polícia e completou sua vingança. Sabendo que, se o caso tivesse sido resolvido pelos policiais atrelados ao caso, o pai em luto não teria ido atrás de justiça com as próprias mãos, Halstead não sabe se deve se voltar contra o homem ou compreender sua situação.

Voight, falando por experiência própria, recomendou a ele que tomasse uma decisão com a qual pudesse viver pelo resto de sua vida.

No final das contas, Halstead prendeu Lattrell, porém, o aconselhou a contratar um advogado. Ele também garantiu que não entregaria a principal evidência que linka o homem ao segundo assassinato.

A atitude desperta uma importante questão: Halstead pode se tornar o mesmo tipo de líder que Voight? No passado, o policial se mostrou bastante ligado às normas, não importando as consequências, de forma oposta a Voight.

O que você achou desse episódio de Chicago PD? Deixe sua opinião nos comentários abaixo!

Chicago PD 8x6: Halstead encara um dilema moral (Recap)