Marilyn Manson é demitido de American Gods e Creepshow após acusações

Imagem de: Marilyn Manson é demitido de American Gods e Creepshow após acusações
Imagem: HBO/Reprodução

As séries American Gods e Creepshow, que estavam programando aparições de Marilyn Manson, demitiram o cantor de suas participações. O anúncio surgiu após alegações de abuso de sua ex-parceira, a atriz Evan Rachel Wood.

O canal Starz, que exibe American Gods, se pronunciou através de um porta-voz ao site Deadline. No comunicado, a emissora afirmou que, por conta das alegações feitas contra o astro, foi decidido pela remoção de sua participação nos próximos episódios em que apareceria.

Ademais, em um post feito na conta do Twitter de American Gods, o canal se posicionou a favor de todas as vítimas e sobreviventes de abuso.

Já a AMC, canal que transmite a antologia Creepshow, também por meio de um representante do canal, anunciou para o mesmo site que um episódio estrelado por Manson estava sendo produzido. No entanto, o segmento foi substituído e o cantor foi retirado do projeto.

Evan Rachel Wood, atriz de Westworld, acusa Marilyn Manson de abuso

Ontem, a atriz Evan Rachel Wood postou, em sua conta no Instagram, uma declaração contando sobre o abuso e aliciamento que sofreu durante seu relacionamento com Marilyn Manson.

Utilizando a mesma plataforma, o Manson respondeu às acusações, dizendo que os relatos seriam “distorções horríveis da realidade”. Manson ainda foi dispensado de seu contrato com a gravadora Loma Vista Recordings.

Em 2007, a intérprete de Dolores Abernathy na série Westworld, da HBO, tornou público seu relacionamento com o cantor, até mesmo aparecendo em seu clipe de Heart-Shaped Glasses. No entanto, Wood revelou, em suas declarações, que desde a adolescência vinha sendo persuadida a entrar no relacionamento.

(John Shearer/Reprodução)(John Shearer/Reprodução)Fonte:  John Shearer 

Após as publicações, outras mulheres que já se relacionaram com Marilyn Manson se pronunciaram, também através das redes sociais, relatando suas experiências com o artista. Entre elas, as modelos Sarah McNeilly e Ashley Lindsay Morgan vieram a público com seus relatos.

Em 2018, Manson havia sido acusado de assédio e racismo pela atriz Charlyne Yi, mais famosa por interpretar a Dra. Chi Park na série House.

Fontes