Dickinson: showrunner fala sobre surrealismo na 2ª temporada da série

Imagem de: Dickinson: showrunner fala sobre surrealismo na 2ª temporada da série
Imagem: Apple/Divulgação

Dickinson, série estrelada por Hailee Steinfeld, voltou às telas do streaming Apple TV+ com novos episódios em sua 2ª temporada. Junto com a estreia, foram liberadas também algumas entrevistas concedidas por Alena Smith, showrunner de Dickinson, que falou um pouco sobre como o novo momento da série histórica é uma evolução da primeira temporada em que a equipe brincou ainda mais com os limites entre o real e o imaginário da protagonista.

Muito da vida de Emily Dickinson se perdeu ao longo do tempo e a história da sua vida precisa ser conectada a partir das cartas que sobreviveram, assim como os poemas que não foram apagados. São feitas muitas suposições ao longo da história e a 2ª temporada de Dickinson experimenta exatamente isso, usando diversas técnicas surrealistas para que o público entenda que nada é certo quando se trata de Emily Dickinson.

(Fonte: Apple TV/Divulgação)(Fonte: Apple TV/Divulgação)Fonte:  Apple TV 

Mais detalhes da 2ª temporada de Dickinson

Assim como na primeira temporada, nesse novo momento da série nós temos uma junção entre o lado cômico e melancólico da fama a partir da perspectiva de Emily, uma artista, que vê tudo de uma maneira muito própria - por isso, a brincadeira com o surrealismo ao longo dos episódios.

A segunda temporada é muito sobre parar de estabelecer limites: passado e presente começam a se misturar, assim como poesia e realidade coexistem de forma pacífica, tendo como plano de fundo discussões sobre sexualidade e identidade.

Novos episódios da 2ª temporada de Dickinson estreiam toda sexta-feira no Apple TV+, estrelando Hailee Steinfeld no papel da artista Emily Dickinson.

Fontes

Dickinson: showrunner fala sobre surrealismo na 2ª temporada da série