Supernatural: quais são as melhores temporadas da série?

Imagem de: Supernatural: quais são as melhores temporadas da série?
Imagem: The CW/Reprodução

Analisando a história e a trajetória de Supernatural, ao longo de 15 temporadas o público acompanhou tramas extremamente interessantes. Além de diversos episódios realmente assustadores, a série contou a saga dos irmãos Winchester caçando os mais diferentes tipos de criaturas bizarras.

Por mais que o último ano não tenha sido bem avaliado pelo público — lembrando que o episódio final da série foi severamente criticado nas redes sociais —, há diversos arcos de temporada que fizeram as construções narrativas decorrentes dos períodos específicos com maestria.

Nesta lista, veremos quais foram as melhores temporadas de Supernatural: da mais fraca à melhor.

10. 8ª temporada

(Reprodução)Fonte:  The CW 

Com um arco dramático bem definido, essa temporada tem um dos desfechos mais marcantes da série. Nela, Sam (Jared Padalecki) e Dean (Jensen Ackles) estão um tanto estranhos e até mesmo distantes, mas no fundo há muito drama envolvido para justificar certas escolhas. Os irmãos Winchester também voltam a lidar com anjos caídos e demônios sinistros.

Vale lembrar que entre os episódios há títulos muito interessantes que fazem referências diretas a outras produções, como "We Need to Talk About Kevin" (8x1), "Freaks and Geeks" (8x18) e "Taxi Driver" (8x19).

9. 11ª temporada

(Reprodução)Fonte:  The CW 

Ao longo dos episódios há algumas ameaças que funcionam como dispositivos narrativos para tramas futuras. É o caso da ceifeira Billie (Lisa Berry), que avisa que na próxima vez que os irmãos Winchester estiverem à beira da morte ela os enviará para o Grande Vazio. Há também o marcante episódio do bebê, no qual Sam e Dean vão caçar mais demônios com o Impala quase sendo o protagonista da história. Vale ressaltar que nessa temporada há a confirmação de que Chuck (Rob Benedict) é Deus.

8. 6ª Temporada

(Reprodução)Fonte:  The CW 

Nos episódios do 6º ano de Supernatural muitas coisas acontecem. No tempo cênico, 1 ano se passa desde que a temporada anterior é encerrada, e Dean tem uma nova vida, longe da caça aos seres sobrenaturais. Já Sam retorna de um jeito diferente, imprevisível e macabro.

Um dos episódios mais memoráveis da série está aqui. Em "The French Mistake", os protagonistas vão parar em uma realidade alternativa na qual são conhecidos por participar de uma série televisiva chamada Supernatural.

7. 13ª temporada

(Reprodução)Fonte:  The CW 

Jack (Alexander Calvert) entra para o time principal. Entre os episódios, há uma viagem alucinante a um universo paralelo e apocalíptico no qual alguns personagens são encontrados em versões alternativas. Nesse contexto, há o famigerado capítulo "Scoobynatural", um crossover com Scooby-Doo.

6. 14ª Temporada

(Reprodução)Fonte:  The CW 

Perto do fim, essa temporada oferece uma maior gama de introspecção para os personagens, como Jack. Completando 300 episódios em exibição, a série produziu conflitos extremamente fortes, complexos e trouxe um final revolucionário, também considerado um dos mais consistentes apresentados até então.

5. 1ª temporada

(Reprodução)Fonte:  The CW 

Antes de Sam e Dean serem caçadores de demônios, eles faziam parte de uma família normal e feliz. Os primeiros episódios mostram como tudo foi se transformando no que culminou no desfecho visto na última semana. É uma temporada muito potente em termos narrativos e fornece informações interessantes que poderiam ter passado despercebidas.

4. 2ª temporada

(Reprodução)Fonte:  The CW 

Outra temporada inicial que merece destaque é a 2ª, que coloca em primeiro plano diversos elementos que se tornam corriqueiros e recorrentes com o passar do tempo na série. Os dramas também são intensificados, pois há o impacto da morte do pai dos Winchester e como a união entre eles é extremamente importante para o contexto geral.

3. 3ª temporada

(Reprodução)Fonte:  The CW 

Ocupando uma posição satisfatória, a 3ª temporada da série foi impactada diretamente pela famigerada greve dos roteiristas em 2007. Embora tenha sido diferente do planejado, mostrou-se extremamente forte em termos narrativos e trouxe muita diversão aos espectadores.

Nessa leva de episódios, vimos como a série poderia ir além das tramas assustadoramente macabras e contar com dramas mais profundos. O final é um dos mais comoventes de todos já apresentados por Supernatural.

2. 4ª temporada

(Reprodução)Fonte:  The CW 

Essa temporada, além de ter alguns dos melhores episódios, é a responsável por expandir todas as mitologias encontradas na série, ultrapassando o folclore e o horror para trazer a ideia de criaturas antagônicas. Nesse contexto, anjos e demônios aparecem para embates, e percebemos que Deus realmente existe. No campo da psicologia dos personagens, há passagens marcantes no que tange aos sentimentos e conflitos internos.

1. 5ª temporada

(Reprodução)Fonte:  The CW 

Para fechar a lista, ressaltamos a importância da 5ª temporada para o desenvolvimento da série, pois foi nela que os produtores e roteiristas perceberam com maior clareza o enorme potencial do produto que tinham em mãos. O final é um dos mais colossais e servia plenamente para ser o final oficial da série caso a emissora quisesse.

E para você, quais são as melhores temporadas de Supernatural?

Supernatural: quais são as melhores temporadas da série?