Netflix se pronuncia sobre cancelamentos de séries no streaming

Imagem de: Netflix se pronuncia sobre cancelamentos de séries no streaming
Imagem: Pexels

Notícias sobre cancelamentos de séries sempre causam repercussão, pois os espectadores se sentem frustrados muitas vezes. E a Netflix vem sendo criticada justamente por isso; muita gente não entende certas decisões da empresa de streaming. Afinal, seriados como O Mundo Sombrio de Sabrina, GLOW e Altered Carbon conquistaram uma boa base de fãs, mas, mesmo assim, foram cancelados nos últimos meses.

Diante disso, ao participarem nesta semana do Paley International Council Summit, os executivos Bela Bajaria e Ted Sarandos ressaltaram que a Netflix renova cerca de 67% das séries — métrica padrão da indústria —, mas que cancelar produções é sempre doloroso, independentemente do contexto.

(Fonte: Netflix/Divulgação)(Fonte: Netflix/Divulgação)Fonte:  Netflix 

“Nós também fazemos uma grande quantidade de produções em 1ª temporada [em vez de piloto], o que certas vezes pode dar a sensação de que temos muitos cancelamentos, mas a taxa de renovação é realmente alta”, explicou Bajaria.

Na sequência, ela ainda citou The Crown, The Ranch e Grace & Frankie como exemplos de seriados de maior duração da Netflix. “Sempre teremos produções mais curtas e outras que seguem por diversas temporadas”, concluiu.

Modelo de negócio da Netflix

Por sua vez, Sarandos afirmou que o mundo do streaming exige um modelo de negócio diferente do que era feito antes. “No passado, qualquer coisa que não chegasse a 100 episódios ou passasse de 4 temporadas não parecia um sucesso. No entanto, acredito que muitos programas podem ser um sucesso por serem exatamente como são, tendo a história contada em duas, uma ou cinco temporadas. Acho que [os cancelamentos] são muito comentados porque são medidos em comparação com a antiga maneira de fazer as coisas”, analisou o executivo.

Netflix se pronuncia sobre cancelamentos de séries no streaming