The Good Doctor: estreia da 4ª temporada traz surpresas (RECAP)

Imagem de: The Good Doctor: estreia da 4ª temporada traz surpresas (RECAP)
Imagem: ABC/Divulgação

The Good Doctor finalmente fez seu retorno com a 4ª temporada da série e trouxe discussões mais pertinentes do que nunca. Na produção, vemos ser abordada a pandemia do coronavírus que está assolando a população a nível mundial e foi retratada na ficção de forma bem real, mostrando o drama enfrentado tanto pelos profissionais de saúde quanto pelos próprios pacientes.

Em The Good Doctor 4x1, somos levados de volta ao começo de tudo, quando a covid-19 começou a se espalhar, mas acompanhamos a crise vista pela perspectiva dos médicos que já conhecemos e amamos. O processo é real e doloroso, deixando claro que nem sempre o diagnóstico é feito de forma simples e apontando o terror que é lidar com o desconhecido.

Será que essa relação com a realidade foi bem feita? Confira o recap do episódio!

Mais detalhes da estreia da 4ª temporada de The Good Doctor

A melhor parte do retorno de The Good Doctor 4ª temporada foi ver o quanto a série conseguiu humanizar ainda mais os seus personagens. Um exemplo disso é ver Shaun, enquanto um médico autista, ter que lidar com uma doença que não se sabe quase nada e passar uma mensagem para o público sobre a importância de seguir as orientações dadas para evitar que ainda mais pessoas sejam infectadas.

Além disso, o episódio 4x1 também conseguiu trazer certa leveza, algo que todos nós precisamos durante esse momento difícil. A tentativa de Shaun em fazer sexo pelo telefone com Lea, por exemplo, foi bem estranha, mas conseguiu animar o clima triste proporcionado pelas cenas anteriores.

(Fonte: ABC/Divulgação)(Fonte: ABC/Divulgação)Fonte:  ABC 

O episódio também transmitiu muito bem a dor causada pelo distanciamento social, principalmente no caso das pessoas que trabalham em hospitais. Como elas estão mais próximos de pacientes com covid-19, a vulnerabilidade é ainda maior, por isso, é necessário manter-se afastado da família e amigos até mesmo por meses. Isso é mostrado em The Good Doctor de formas diferentes, mas destacamos a conversa entre Martin e sua esposa, uma das partes mais dolorosas do episódio.

A partida de alguns pacientes também é retratada de forma dolorosa, representando o sentimento de impotência que tantas pessoas têm sentido ao longo desses meses.

O retorno de The Good Doctor foi excepcional, mostrando o período atual sem qualquer romantização e dando uma noção de como muitos profissionais da saúde estão enfrentando a era coronavírus.

Torcemos para que a cura, tanto na ficção quanto na realidade, chegue o mais rápido possível.

The Good Doctor: estreia da 4ª temporada traz surpresas (RECAP)