Supernatural 15ª temporada: 8 coisas para relembrar antes do retorno

Imagem de: Supernatural 15ª temporada: 8 coisas para relembrar antes do retorno
Imagem: The CW/Divulgação

Finalmente, a série Supernatural fará seu retorno triunfal. A 15ª temporada de Sobrenatural ainda tem sete episódios inéditos na manga, que encerrarão de vez a série histórica da emissora The CW. Mas será que você ainda lembra de tudo o que já aconteceu? Tudo bem, nós vamos refrescar sua memória para você não ficar boiando no episódio 15x14!

Lembrando que a série precisou entrar em uma pausa devido a pandemia do coronavírus, que afetou completamente o calendário previsto para a série.

Confira agora uma lista com os principais acontecimentos da 15ª temporada de Sobrenatural para você ficar por dentro de tudo!

1. O Vazio ainda deseja Castiel

O personagem, interpretado por Misha Collins, tem um acordo com O Vazio, que assumiu a forma de Meg. Ele decidiu se oferecer como moeda de troca por Jack e, mesmo que ambos estejam buscando derrubar Deus, nós sabemos que Castiel ainda tem muita tortura a ser enfrentada.

(Fonte: The CW/Divulgação)(Fonte: The CW/Divulgação)Fonte:  The CW 

2. Jack possui sua alma novamente

Após ser enviado para o Jardim do Éden, Jack precisou enfrentar os questionamentos que a cobra do Paraíso sibilava para ele: “Quem você realmente é?”. Após isso, quando retornou, ele teve a oportunidade de pedir perdão a Sam e Dean por ter matado a mãe dos irmãos. Por fim, sua alma finalmente estava de volta.

3. Acordo entre Castiel e Ruby

Castiel precisava encontrar a localização do Occultum e Ruby poderia ajudá-lo. Por isso, ele concordou em tentar tirá-la d’O Vazio. Posteriormente, é possível que vejamos como ficou a conclusão desse trato.

(Fonte: The CW/Divulgação)(Fonte: The CW/Divulgação)Fonte:  The CW 

4. Equipe reunida contra Deus

Billie já tinha planos de, após fortalecer o corpo de Jack, traçar estratégias para matar Deus e impedir seus planos de destruição. Depois, Sam, Dean e Castiel também se juntaram ao time, dando mais chances para que a tentativa realmente possa funcionar.

5. Amara e sua ameaça

Quando os planos estão sendo feitos, Dean reforça que, mesmo que Jack consiga matar Deus, ainda existe sua irmã. Amara traz uma dificuldade ainda maior para a missão da equipe, afinal, se ela ainda estiver viva, será preciso tirar a dupla da jogada de uma só vez.

6. Quem ficará no comando?

Essa é a pergunta que fica no ar no episódio 13 da 15ª temporada de Supernatural. Caso Deus e Amara realmente sejam banidos pelo time, a tendência é que haja certo desequilíbrio de forças, já que grandes figuras não poderão mais liderar. A única conclusão a qual Sam e Dean conseguem chegar é a de que Jack, definitivamente, não é a opção mais recomendada para assumir o posto de comando.

(Fonte: The CW/Divulgação)(Fonte: The CW/Divulgação)Fonte:  The CW 

7. Versão alternativa de Sam e Dean ainda estão por aí

Mesmo com a intervenção de Deus destruindo planetas, as versões distintas de Sam e Dean conseguiram escapar. Eles são completamente diferentes dos protagonistas que nós conhecemos e, mesmo que Dean os tenha enviado para o Brasil anteriormente, ainda há a possibilidade de eles retornarem.

A ideia era de que a dupla, que não pertence a este mundo, fosse usada para enganar Deus, mas não se sabe até que ponto esse plano é efetivo, afinal, o Todo Poderoso pode compreender que eles não são dessa realidade.

8. O John de outra realidade também está à solta

Como a versão alternativa dos irmãos Winchester menciona, na realidade deles, John, pai da dupla, está vivo. Ele acabou transformando o ramo da caçada em um negócio que gera muito lucro e, junto com os filhos, conseguiu escapar e se manter vivo, mas eles acabaram se separando. Futuramente, ele deve retornar.

Agora, resta torcer para que o retorno da 15ª temporada de Supernatural resolva todas essas pontas abertas e concluam a série com chave de ouro!

Supernatural 15ª temporada: 8 coisas para relembrar antes do retorno