Os melhores documentários históricos para assistir na Netflix

Imagem de: Os melhores documentários históricos para assistir na Netflix
Imagem: Netflix/Reprodução

Cada vez mais, os serviços de streaming nos mostram que são capazes de trazer muitas facilidades para o nosso cotidiano. Nunca foi tão fácil ter tanto conteúdo ao nosso dispor para ser consumido quando quisermos.

Nesse sentido, o audiovisual, como arte, sempre teve um papel formador crucial na vida das pessoas. Aprender história por meio de filmesséries e documentários pode ser uma bela forma de se aprofundar em assuntos delicados com muita emoção e interesse.

Nesta lista, veremos alguns dos principais documentários históricos que estão disponíveis na Netflix e que, de alguma maneira, abordam assuntos relevantes da história mundial.

Axé: Canto do Povo de um Lugar

Dirigido pelo cineasta Chico Kertész, o filme aborda a história de um dos gêneros musicais mais populares da Bahia: o axé. Grandes nomes da música brasileira, como Caetano Veloso e Gilberto Gil, reúnem-se para dar sua visão acerca do ritmo e ainda contar sobre todas as influências sincréticas que a música teve em sua construção.

As relações do axé com a cultura baiana também são evidenciadas por meio de diversas imagens de arquivos que buscam investigar as origens do nascimento desse gênero tão interessante.

Quem matou Malcolm X?

O líder afro-americano dos direitos civis Malcolm X foi morto em fevereiro de 1965. Três homens foram detidos por conta desse assassinato, mas apenas um admite ter participado da ação. Dessa forma, a incerteza em torno do ocorrido só deixa as pessoas cada vez mais angustiadas.

Nesse documentário, o espectador acompanha o ativista Abdur-Rahman Muhammad enquanto ele trabalha para encontrar os verdadeiros assassinos e descobrir toda a verdade escondida sobre o caso.

Serei amado quando morrer

Quem gosta de entender um pouco mais sobre as diversas questões da história do cinema não pode deixar de assistir a esse documentário feito sobre o último filme do cineasta Orson Welles. Na produção, há várias entrevistas com membros da produção do filme em questão, que nunca foi concluído pelo diretor.

Welles, que tinha um gênio bastante difícil, ironicamente estava filmando O Outro Lado do Vento, que narrava a história de um cineasta em fim de carreira.

Anne Frank: Parallel Stories

Uma das figuras mais lembradas sobre o holocausto nazista e o período da 2ª Guerra Mundial é Anne Frank. A garota é o fio condutor da narrativa deste documentário, com narração da vencedora do Oscar Helen Mirren, no qual foi reconstituida a vida de Anne Frank por meio de seu diário e da vida de cinco jovens que, como ela, foram deportadas para campos de concentração, mas que conseguiram sobreviver no final de tudo.

Com delicadeza e profundidade, o filme é capaz de fazer refletir sobre diversas questões muito pertinentes da época, mostrando-se muito eficaz na discussão de ideias e fatos.

Five Came Back

Ainda sobre a 2ª Guerra Mundial, o documentário Five Came Back investiga como alguns dos principais e mais famosos cineastas de Hollywood da época se alistaram no exército americano para fazer uma cobertura cinematográfica minuciosa sobre o conflito.

Narrado pela sempre "oscarizada" Meryl Streep, o filme remonta os pensamentos de John Ford, William Wyler, John Huston, Frank Capra e George Stevens, mostrando o quão dispostos estavam a se arriscar em nome da arte. As histórias são extremamente interessantes, inesquecíveis e curiosas, fazendo com que muitos fatos do período sejam trazidos à tona. Uma excelente pedida para quem quer aprender um pouco mais de história.

Histórias que Nosso Cinema (não) Contava

Nesse documentário investigativo, o espectador é apresentado à História do Cinema Brasileiro. As famosas pornochanchadas dos anos 1970 são as peças fundamentais para a construção narrativa do longa. Hoje vistos com um certo desprezo, o que esses filmes podem ensinar sobre a cultura nacional da época?

Winter on Fire: Ukraine's Fight for Freedom

Conflitos contemporâneos também fazem parte da nossa história. Nesse documentário, acompanha-se como as manifestações pacíficas de alguns estudantes na Ucrânia se transformaram, drasticamente, em 93 dias de tormento e violência por uma revolução pelos direitos civis. Dirigido por Evgeny Afineevsky, o documentário concorreu ao Oscar de Melhor Documentário em 2016.

Fontes

Os melhores documentários históricos para assistir na Netflix