Baby 3ª temporada: série da Netflix é uma história real? Descubra!

Imagem de:  Baby 3ª temporada: série da Netflix é uma história real? Descubra!
Imagem: Netflix/Divulgação

A 3ª temporada de Baby  finalmente chegou à Netflix hoje (16). Agora, Chiara e Ludovica estão cada vez mais presas ao mundo da prostituição e os dramas vividos por elas levantam um debate importante, já que muitas outras pessoas passam por essa mesma experiência. Mas será que o roteiro da produção é apenas ficcional ou é baseado em fatos?

Para quem já desconfiava, a série Baby conta uma história real. No entanto, as coisas não são feitas de forma literal, pois algumas mudanças foram feitas para dar um efeito dramático e prender a atenção do espectador para que ele continue conectado à plataforma de streaming.

Conheça o caso real que inspirou a série Baby

A história veio à tona em 2014, quando a mãe de uma das garotas percebeu que ela estava comprando muitas coisas caras e não fazia sentido, já que ela não trabalhava para ganhar tanto dinheiro.

Esse evento abriu uma investigação que acabou resultando na descoberta de diversas garotas ligadas a um caso de prostituição. Entre elas, duas se destacaram: Angela e Agnese, nomes falsos atribuídos pela mídia.

A situação perturbadora acabou servindo como motivação para a criação da série. Baby 3ª temporada mostra a vida de duas meninas que, assim como no caso real, queriam ganhar dinheiro de forma fácil por motivos diversos.

O caso real ganhou grande repercussão por associar garotas menores de idade na prostituição a nomes famosos, como políticos e policiais que utilizavam o serviço.

Lembrando que esta é a última temporada da série na Netflix. Ou seja, a 4ª temporada de Baby não acontecerá.

Baby 3ª temporada: série da Netflix é uma história real? Descubra!