Away: quão próximo estamos de uma viagem a Marte como a da série?

Imagem de: Away: quão próximo estamos de uma viagem a Marte como a da série?
Imagem: Netflix/Divulgação

Away é um dos lançamentos da Netflix mais recentes e mostra uma equipe de astronautas em uma grande viagem espacial. A série, que ocorre em um futuro no qual é possível viajar até Marte, foi criada com base em conhecimentos de profissionais renomados, como o astronauta Mike Massimino, da NASA, para mantê-la o mais próximo possível da realidade.

A produção, estrelada por Hilary Swank no papel da comandante Emma Green, mostra grande tensão no espaço conforme pequenos problemas acontecem, assim como o drama de estar longe da família. Além disso, desperta no público a pergunta sobre o quão próxima a humanidade está de realmente conseguir sair da Terra em uma viagem espacial direto para Marte.

Mais detalhes de Away

De acordo com o que revela Andrew Hinderaker, criador e produtor-executivo de Away, em uma conversa com membro da NASA, a ideia de ir até Marte é altamente possível em nosso contexto atual. Esse é um dos motivos, inclusive, que a série se passa em um futuro tão próximo ao nosso, afinal, poderia acontecer a qualquer momento, de acordo com o especialista.

(Fonte: Netflix/Divulgação)(Fonte: Netflix/Divulgação)Fonte:  Netflix 

A diferença é que, atualmente, parece faltar uma união internacional para alcançar tal objetivo. Em Away, esse obstáculo é ultrapassado e vemos o resultado de algo que poderia estar acontecendo para além da ficção.

Ainda de acordo com Hinderaker, um dos maiores problemas foi conseguir captar as emoções descritas pelos astronautas de forma visual. Apesar do que eles relatam sobre pressão, nervosismo e empolgação, esse processo pode acabar sendo tedioso para o espectador, por isso foi preciso pensar em diferentes maneiras técnicas para que Away conseguisse captar os sentimentos reais.

Um ponto que ajudou nesse processo foi ter elementos físicos durante a gravação da série, e não apenas efeitos especiais. Os objetos, criados a partir da concepção de David Sanderfur, designer de produção de Away, ajudaram a dar mais realidade conforme Emma e Misha (os astronautas) realmente interagiam com eles durante a viagem. Tudo isso planejado para gerar um maior senso de realidade, mesmo se tratando de uma série de ficção que acontece no futuro.

Desde o design até as falas e as ações dos personagens, também elaboradas com base na consulta aos especialistas da NASA, contribuem para criar uma atmosfera extremamente convincente, não distanciando o espectador do que está sendo mostrado na tela.

Away, a nova série da Netflix, está disponível para ser maratonada na plataforma de streaming. A 1ª temporada tem apenas dez episódios, o que nos fazer pedir mais imediatamente!

Away: quão próximo estamos de uma viagem a Marte como a da série?