A Qualquer Custo: filme indicado ao Oscar merece ser descoberto pelo público (crítica)

Imagem de: A Qualquer Custo: filme indicado ao Oscar merece ser descoberto pelo público (crítica)

Lançado em agosto de 2016 nos Estados Unidos, o excelenteA Qualquer Custo (Hell or High Water) chega finalmente às salas brasileiras após conquistarquatro indicações ao Oscar 2017, inclusive na categoria melhor filme, e tem qualidades de sobra para agradar o grande público.

A obra apresenta a história de dois irmãos que se unem para roubar bancos em uma ação desesperada para conseguir o dinheiro necessário para pagar uma dívida e salvar o rancho da família.

Enquanto a dupla realiza seus saques consecutivos – sempre contra filiais da mesma instituição bancária – indo de uma cidade a outra do Texas; um policial veterano, que está prestes a se aposentar, persegue os infratores.

Chris Pine e Ben Foster como os irmãos assaltantes de A Qualquer Custo (Hell or High Water). Fonte da imagem: Divulgação/CBS Films

O jogo de gato e rato entre os bandidos e o agente da lei é envolvente e cheio de suspense, tensão e adrenalina. Há ótimas sequências de ação e tiroteio, e boas surpresas e reviravoltas no caminho. À medida que a história se desenvolve, passamos a entender os motivos dos irmãos e a torcer para que eles consigam realizar o plano.

Além de todo o conflito entre os dois lados da lei, a trama reflete também um estado econômico decadente do meio-oeste americano, discursando sobre a crise financeira através de sinais de abandono e de placas de venda nas cidades por onde os irmãos passam realizando seus assaltos.

O elenco da produção é também espetacular, com Chris Pine e Ben Foster interpretando os irmãos de gênios bem diferentes, mas unidos por uma causa comum; e Jeff Bridges (indicado ao Oscar pela sua interpretação) como o policial carrancudo e que parece pertencer a outro tempo.

As outras indicações de A Qualquer Custo ao Oscar (além de filme e ator coadjuvante) são pelo roteiro original e pela edição – duas categorias que atestam a qualidade da narrativa. O longa fez bastante sucesso nas salas americanas (mesmo em circuito limitado) e merece ser descoberto agora pelo público brasileiro. È um filmaço!

https://youtu.be/HsrplmHlIU8

Fonte da imagem: Divulgação/CBS Films

Confira também outras críticas dos indicados ao Oscar 2017: