História sobre seita liderada por atriz de Smallville vai virar série

Minha Série
Imagem de: História sobre seita liderada por atriz de Smallville vai virar série

Uma série sobre a seita de Keith Raniere, que tinha Allison Mack (a Chloe de Smallville) como uma das líderes, será produzida pela Annapurna Television. A produtora comprou os direitos de produção do artigo de Barry Meier, publicado em 2017 no The New York Times, que denunciou o caso. No artigo, intitulado "Inside a Secretive Group Where Women Are Branded" (“Por Dentro de um Grupo Secreto Onde Mulheres São Marcadas”), Meier conversou com antigos membros da Nxivm, que contaram em detalhes suas experiências na seita.

A série vai seguir a história de mulheres que se juntam ao grupo acreditando se tratar de uma irmandade secreta de empoderamento, mas que na verdade é uma seita onde são psicologicamente torturadas e escravizadas sexualmente pelo líder. Assim como na denúncia, as mulheres recrutadas terão suas regiões pélvicas marcadas com as iniciais do líder em um ritual de passagem. Megan Ellison, Sue Naegle, Susan Goldberg e a atriz Shannon Woodward (Westworld) serão as produtoras executivas da série, mas ainda não existe um roteirista ou emissora atrelados ao projeto.

De acordo com o U.S. Attorney’s Office, Raniere foi responsável por estabelecer vários supostos programas de autoajuda com o nome Nxivm nos Estados Unidos, no Canadá, no México e em países da América do Sul nas últimas duas décadas. Foi alegado que os “mestres” da seita, entre eles Allison Mack, recrutavam mulheres para serem escravas sexuais com a promessa de que estariam se unindo a uma organização exclusivamente feminina de empoderamento.

A notícia sobre a produção da série aconteceu apenas alguns dias depois de Allison Mack ter sido presa pelo envolvimento com o caso, acusada de tráfico sexual, conspiração de tráfico sexual e conspiração de trabalho forçado. A atriz pagou uma fiança de US$ 5 milhões e aguarda julgamento em liberdade. Keith Raniere foi acusado pelos mesmos crimes, e ambos podem pegar penas de 15 anos a prisão perpétua.

A Annapurna Television é um estúdio independente de televisão. Está por trás do piloto Mixtape, da FOX; de The Ballad of Buster Scruggs, futura série da Netflix dirigida e escrita pelos irmãos Coen; e de uma série de comédia do Hulu baseada na obra de Carrie Brownstein.

Este texto foi escrito por Juliana de Carvalho via nexperts.

História sobre seita liderada por atriz de Smallville vai virar série