Netflix e Paramount Pictures selam parceria para produzir filmes

Minha Série
Imagem de: Netflix e Paramount Pictures selam parceria para produzir filmes

Jim Gianopulos, chefe da Paramount Pictures, anunciou na sexta-feira, 16 de novembro, a parceria com a plataforma de streaming, Netflix. O acordo foi divulgado durante um evento da Viacom para analistas de Wall Street. De acordo com o executivo, a prioridade é expandir o papel como maior provedora global de conteúdo. “Para isso, nós estamos explorando várias novas fontes de receita, além de nossos tradicionais lançamentos cinematográficos como produtores de filmes e programas de TV para outras plataformas de mídia”, afirmou Gianopulos, que assumiu o posto em março de 2017.

As duas empresas já realizaram projetos juntas. Paramount vendeu o filme O Paradoxo Cloverfield para a Netflix, que lançou o título durante o intervalo do Super Bowl, em fevereiro de 2018, e também apoiou a criação do seriado Maniac, lançado em setembro de 2018, e de13 Reasons Why, todos sucessos na plataforma. O CEO da Viacom, Bob Bakish, indicou na época que a parceria poderia se fortalecer, especialmente por representar um grande corte de custos e pelo alto valor pago pela Netflix, na faixa de 50 milhões de dólares.

https://img.ibxk.com.br/2018/11/18/18190911068015.jpg" alt="" data-mce-src="https://img.ibxk.com.br/2018/11/18/18190911068015.jpg" data-mce-selected="1" style="box-sizing: border-box; max-width: 100%; height: auto; vertical-align: middle; display: block; margin: 0px auto; outline: black solid 1px; resize: none; color: rgb(64, 64, 64); font-family: "Source Sans Pro", sans-serif; font-size: 18px; text-align: start; background-color: rgb(255, 255, 255);

Apesar de não existir uma quantidade específica de títulos, Gianopulos afirmou que haverá “um pequeno número de projetos”, que alavancarão a parceria entre as produtoras. Netflix é famosa por adquirir títulos de produtoras de conteúdo, e com o acordo a Paramount firma os laços para prover conteúdo original e tentar sair do vermelho. Em 2016, a produtora registrou perda de aproximadamente 450 milhões de dólares e tem somado uma série de declínios financeiros.

A Paramount produziu 984 milhões de dólares em receita para o trimestre encerrado em 30 de setembro. Isso representa um aumento de 25% sobre o mesmo período do ano anterior – e registrou lucro operacional ajustado de 38 milhões de dólares, comparado a um prejuízo no ano anterior. A melhoria se deve, em grande parte, ao lançamento de Missão: Impossível Fallout, com Tom Cruise, que gerou cerca de 800 milhões de dólares em ingressos em todo o mundo.

https://img.ibxk.com.br/2018/11/18/18191034115016.jpg" alt="" data-mce-src="https://img.ibxk.com.br/2018/11/18/18191034115016.jpg" data-mce-selected="1" style="box-sizing: border-box; max-width: 100%; height: auto; vertical-align: middle; display: block; margin: 0px auto; outline: black solid 1px; resize: none; color: rgb(64, 64, 64); font-family: "Source Sans Pro", sans-serif; font-size: 18px; text-align: start; background-color: rgb(255, 255, 255);

Enquanto isso, a Netflix observa seu lucro líquido crescer a olhos vistos. No primeiro trimestre de 2018, a plataforma registrou crescimento de 63%, com 290 milhões de dólares, e avanço de 40% de receita no período – cerca de 3,7 bilhões de dólares.

O estúdio centenário tem planos de lançar nove filmes em 2018 e evoluir para 19 em 2020. “Esse é o nosso principal produto”, garantiu Gianopulos. Para ele, a parceria é muito semelhante ao que era praticado há 20 anos, quando produtoras criavam títulos para os principais canais de TV, como CBS e NBC. “Estamos muito felizes de trabalhar com Netflix, Amazon e outras parcerias e novos clientes”, afirmou.

Este texto foi escrito por Luiza Lafuente via nexperts.

Netflix e Paramount Pictures selam parceria para produzir filmes