Agents of SHIELD 7x11: a motivação de Kora e Nathaniel (RECAP)

Minha Série
Imagem de: Agents of SHIELD 7x11: a motivação de Kora e Nathaniel (RECAP)

Mesmo que uma boa parte do público não seja muito fã de Kora e Nathaniel, foi exatamente essa dupla que teve foco no episódio 7x11 de Agents of SHIELD (Agentes da SHIELD). Mesmo que pareça meio sem sentido no começo, o episódio acaba se tornando bem interessante, já que podemos entender melhor a motivação por trás de cada um, dando um sentido mais completo à 7ª temporada de Agents of SHIELD .


No entanto, ainda vemos elementos conhecidos, como o Zephyr, e também personagens com uma fama melhor entre o público, como Daisy - que, inclusive, segue em sua busca para salvar Jemma Simmons. 


Agentes da SHIELD 7ª temporada ganhou uma profundidade a mais no episódio dessa semana, permitindo aos fãs irem além do óbvio. Quer saber o que mais aconteceu? Confira o recap da série da Marvel!


(Fonte: ABC/Divulgação) ABC/Reprodução

Mais detalhes do episódio 7x11 de Agentes da SHIELD


Daisy demonstra grande preocupação durante uma conversa com Sousa e Mack. Afinal, Enoch não foi nada positivo ao falar sobre a “missão final”, deixando-a aflita. Por isso, Mack cumpre seu papel no grupo e tenta acalmá-la, fazendo com que esse momento de apoio mútuo seja um dos melhores do episódio.


Voltando o foco novamente para Nathaniel, vemos Fitz envolver-se em suas memórias. Essa é uma tentativa de encontrar a sua localização de alguma forma, nem que sejam apenas dicas do seu paradeiro.


Devido à coação sofrida, a memória de Simmons é completamente afetada, fazendo com que ele próprio esqueça as lembranças de quem seja Fitz. A ação levanta a possibilidade de que esse mesmo processo tenha sido usado para que Simmons tenha sido coagido a esquecer o nascimento da própria filha.


(Fonte: ABC/Divulgação) ABC/Reprodução

Em uma cena bônus, vemos a interação entre Malick e Korra, na qual ele a agradece por toda sua dedicação ao ajudar “seu povo” a ter uma nova vida, algo que não seria possível sem sua ajuda. É aí que as coisas vão um pouco para o inesperado quando Malick a puxa para perto, dando-lhe um beijo que não estamos certos se queríamos ver.


Em relação à captura de Kora no episódio passado, fica claro que foi esse o evento que permitiu que Sybil destruísse a SHIELD na década de 1980. 


Que outras revelações a série trará no próximo episódio? Estamos aguardando desde já!


Texto escrito por Flávio Motta Coutinho via Nexperts.

Agents of SHIELD 7x11: a motivação de Kora e Nathaniel (RECAP)