Zoë Kravitz critica Hulu pelo cancelamento de High Fidelity

Minha Série
Imagem de: Zoë Kravitz critica Hulu pelo cancelamento de High Fidelity

Após o cancelamento da série High Fidelity pela Hulu, a estrela do programa, a atriz Zoë Kravitz, fez críticas ao serviço de streaming pela falta de diversidade no catálogo oferecido na plataforma.


  Hulu/Reprodução

Zoë fez uma postagem em seu perfil pessoal no Instagram no qual compartilhou algumas imagens ao lado de seus colegas de elenco David H. Holmes, Da'Vine Joy Randolph, Kingsley Ben-Adir e Jake Lacy. 


No post, ela agradeceu à produção e ao público da série. “Eu quero dar um alô para minha família #highfidelity. Obrigado por todo o amor e coração que vocês colocaram neste show. Eu estou maravilhada com todos vocês. Obrigado a todos que nos assistiram, amaram e apoiaram”.


https://www.instagram.com/p/CDh_CwMp0_d/


Em seguida, a atriz Tessa Thompson (Westworld) comentou na postagem, dizendo que estava chateada com o cancelamento da série. Zoë então respondeu à amiga, fazendo críticas irônicas à falta de diversidade presente nas produções da Hulu. “Tudo bem, pelo menos a Hulu tem uma tonelada de outros programas estrelados por mulheres negras que podemos assistir. Oh, espere...”, disse Zoë.


High Fidelity (Alta Fidelidade) teve 10 episódios que foram exibidos na Hulu em fevereiro de 2020. A série acompanhava Zoë Kravitz como a personagem Rob, uma dona de uma loja de discos do Brooklyn viciada em música. 


Ao longo de 10 capítulos, ela listou seus cinco piores relacionamentos românticos e tentou entender seus próprios erros.


Texto escrito por Marcelo de Morais via Nexperts.

Zoë Kravitz critica Hulu pelo cancelamento de High Fidelity