SAG Awards não terá apresentador este ano, entenda por quê

Minha Série
Imagem de: SAG Awards não terá apresentador este ano, entenda por quê

Em matéria exclusiva da revista Variety, os produtores do Screen Actors Guild (SAG) Awards deste ano, Sean Hayes, Todd Milliner e a veterana Kathy Connell, comentaram a decisão de tornar a premiação mais uma das que não terão um apresentador principal conduzindo a cerimônia nesta temporada.

Desde o ano passado, os produtores vêm discutindo se deveriam manter o papel do apresentador principal ou não. O Oscar, por exemplo, recuperou audiência em 2019 quando ficou sem apresentador pela primeira vez em trinta anos e não terá um apresentador novamente em 2020. O Emmy Awards do ano passado também não teve o clássico host, mas acabou perdendo audiência.

Sean Hayes Todd Milliner SAG Producers
(Fonte: Richard Harbaugh / IGLA / Screen Actors Guild Awards)

A grande diferença do SAG Awards é que, em quase toda sua história, que começou em 1995, foi uma premiação sem host. Isto mudou somente em 2018, quando foi apresentado por Kristen Bell, e no ano passado, por Megan Mullally.

Este ano, Hayes, Milliner e Connell dizem apostar nos apresentadores dos segmentos da cerimônia, nas cenas previamente gravadas e nas brincadeiras feitas aos moldes dos anos anteriores (como comentários de indicados na plateia sobre o motivo de amarem o que fazem) para impulsionar o programa televisivo de duas horas de duração, sem perder tempo com grandes monólogos.

Quem receberá o prêmio Life Achievement em 2020 será Robert DeNiro e a cerimônia estará repleta de segmentos brincando com o premiado, como "Filmes sem Robert DeNiro", onde veremos como seriam certos filmes, caso o aclamado ator não tivesse interpretado seu papel neles e outro estivesse em seu lugar.

O canal pago TNT transmite a premiação no Brasil.

Este texto foi escrito por Arantxa Pellicer Meira via nexperts.

Fontes

SAG Awards não terá apresentador este ano, entenda por quê