Star Trek: Picard tenta aproveitar sua aposentadoria [recap 1x01]

Minha Série
Imagem de: Star Trek: Picard tenta aproveitar sua aposentadoria [recap 1x01]

Patrick Stewart está de volta ao universo Star Trek para interpretar o clássico personagem Jean-Luc Picard, na nova série, Star Trek: Picard. A série é distribuída pelo serviço de streaming Amazon Prime Vídeo, onde teve seu primeiro episódio exibido esta semana.

(Fonte: Matt Kennedy/CBS)

A série apresenta novamente Jean-Luc Picard, o capitão da Frota Estelar, em novas aventuras. Entretanto, o capitão não está mais no comando da Frota e, sim, vivendo um momento diferente de sua vida.

O primeiro capítulo de Star Trek: Picard é intitulado “Recordações” e revela que Picard está aposentado e agora mora em seu Chateau Picard, na França, onde vive acompanhado de dois romulanos: Laris (Orla Brady) e Zhaban (Jamie McShane). Picard vive sua nova vida como escritor e dando entrevistas para a TV.

As coisas começam a ficar mais interessantes quando ficamos sabendo que Picard pressionou a Federação para ajudar os romulanos, cujo planeta natal estava prestes a ser destruído por uma supernova — esse fato foi abordado no filme reboot Star Trek, de 2009.

A Federação resolve ajudar os romulanos, levando-os para além do alcance da explosão da supernova. Provavelmente essa foi a maneira que Laris e Zhaban acabaram decidindo ficar ao lado de Picard no Chateau na França. Porém, em algum momento, um grupo de androides acabou destruindo a Utupia Planitia, um local de extrema importância próximo à terra, o que fez a Frota Estelar baní-los da Terra e interromper os esforços de resgate. O que incomodou bastante Picard.

Picard deixou a Frota Estelar após esses acontecimentos. E parece que o personagem ainda guarda alguma mágoa do ocorrido. Em uma de suas entrevistas para a TV, Picard comenta que “a Frota Estelar não era mais a Frota Estelar”.

Enquanto isso, na cidade de Boston, um misterioso grupo acaba atacando uma jovem chamada Dahj (Isa Briones). Mesmo com sua companhia sendo assassinada, Dahj enfrenta os agressores com grandes habilidades que até então ela não sabia que possuía. Dahj, na verdade, é uma androide, filha do Tenente Comandante Data, parceiro de longa-data de Picard.

Dahj e Picard acabam se encontrando e Picard revela a ela o seu passado, mencionando o afeto que sempre teve com Data. “Se você é quem eu penso que é, você é querida por mim de maneiras que não consegue entender. Eu nunca te deixarei”, confessa Picard.

Porém, Picard e Dahj acabam sendo atacados e Dahj morre diante de Picard, que nada pôde fazer para salvá-la.

O final do episódio revela que Dahj possuía uma irmã, que trabalha em um Cubo Borg em algo chamado “local de recuperação romulano”.

Texto escrito por Marcelo de Morais via Nexperts.

Star Trek: Picard tenta aproveitar sua aposentadoria [recap 1x01]