Prodigal Son: episódio sugere um destino sombrio para Malcolm e Martin

Minha Série
Imagem de: Prodigal Son: episódio sugere um destino sombrio para Malcolm e Martin

[Atenção! O texto a seguir contém spoilers do episódio 1x13 de Prodigal Son]

O episódio desta semana da série Prodigal Son, que foi ao ar na segunda-feira (03), intitulado “Wait & Hope”, fez os fãs ficarem apreensivos para a continuação da história, já que sugere um futuro nem tão brilhante assim para Malcolm Bright (Tom Payne) e Martin Whitly (Michael Sheen).

(Fonte: David Giesbrecht/Fox/Reprodução)

O psicólogo criminal Malcolm sempre lutou para ser o oposto do que seu pai é — Malcolm é filho do Dr. Martin, um assassino serial conhecido como “O Cirurgião”. No entanto, este episódio da série foi tenso e carregado de emoções que sugerem que o relacionamento entre pai e filho possa ter um destino trágico pela frente, com Malcolm matando Martin.

No episódio, Malcolm se envolve em uma nova investigação criminal em Nova York, onde o assassino aparentemente é fã do clássico livro O Conde de Monte Cristo, um romance que Malcolm conhece bem graças ao seu pai. O psicólogo então consegue recorrer ao seu pai para buscar mais informações sobre a mente deste novo assassino.

Na conversa, Martin alerta que a equipe de Malcolm possa ter prendido a pessoa errada – um ex-funcionário da família do homem morto. Martin acredita que o filho do homem assassinado possa ser o verdadeiro responsável pelo crime. "Eu poderia estar conjecturando, mas ele certamente tem motivos", disse Martin sobre o suposto filho assassino, já que seu pai o estava forçando a se casar com alguém que ele não queria.

A conversa se desenrola em momentos tensos, traçando vários paralelos entre a situação do crime e o relacionamento de Malcolm e Martin. Será que esse é o destino de ambos?

Texto escrito por Marcelo de Morais via Nexperts.

Prodigal Son: episódio sugere um destino sombrio para Malcolm e Martin