Streaming: conheça 5 filmes parecidos com 365 DNI da Netflix

Minha Série
Imagem de: Streaming: conheça 5 filmes parecidos com 365 DNI da Netflix

O filme 365 DNI, drama erótico polonês da Netflix, dirigido por Barbara Bialowas, tem tido boa recepção por parte dos assinantes do streaming. Algumas pessoas, inclusive, já se perguntam se 365 DNI terá uma continuação, já que o livro 365 DNI, do escritor Blanka Lipinska, no qual o filme é baseado, é uma trilogia.

O lançamento da Netlfix apresenta ao público o auge da dominação, quando Massimo (Michele Morrone) aprisiona Laura (Anna Maria Sieklucka) com o intuito de fazê-la se apaixonar por ele ao longo de um ano. O que também abriu discussões sobre a romantização da Síndrome de Estocolmo (na qual a vítima começa a nutrir carinho por seu sequestrador/abusador).

Enquanto uma sequência da história ainda não é anunciada, pesquisamos filmes parecidos com 365 DNI na Netflix, com narrativas românticas envolventes e cenas de sexo bem feitas. 

Veja a lista e confira nossas sugestões:

Newness

(Reprodução) Scott Free Productions

Martin (Nicholas Hoult) e Gabriella (Laia Costa) aceitam que as relações em que se encontram são efêmeras. Ao se conhecerem em um aplicativo de paqueras e saírem de encontros bastante problemáticos, os dois acabam ficando e desenvolvendo um namoro. Decididos a tentarem uma forma de relacionamento aberto, aos poucos, o passado de ambos se torna um fardo e as discussões começam. 

O filme traz discussões sobre maturidade e amor de uma forma interessante, além de proporcionar aos espectadores cenas de sexo bem construídas e quase sem clichês. A fotografia minimalista, aliada ao roteiro inteligente e uma direção competente, fazem de Newness (Novidade) um dos melhores títulos dessa lista.

Amar

(Reprodução) Netflix

Lançado em 2017 e dirigido por Esteban Crespo, esse filme espanhol conta a história de Laura (María Pedraza) e Carlos (Pol Monen) que se apaixonam inesperadamente. Contudo, os dois precisam lidar, cada vez mais, com as responsabilidades da vida adulta.

A maturidade chega repentinamente e os dois enfrentam tudo isso de forma bastante conflituosa, mostrando que talvez um romance tão ardente, em um primeiro momento, pode ir esfriando conforme os dias vão passando. Mesmo assim, o longa se mostra muito competente ao mostrar duas realidades bem passíveis de identificação.

White Girl

(Reprodução) Bank Street Films

Ambientado em Nova York, o filme dirigido por Elizabeth Wood apresenta Leah (interpretada por Morgan Saylor) quando ela se muda para a cidade e conhece Blue (Brian Marc), um traficante de drogas.

Os dois se apaixonam rapidamente e uma relação obsessiva se inicia, com várias perseguições por parte de Leah. As cenas de sexo, bem orquestradas à trama, também se mostram muito eficientes e condizentes com a narrativa.

After

(Reprodução) Diamond Film Productions

Baseado no best-seller homônimo de Anna Todd, o filme conta a história de Tessa Young (Josephine Langford) quando ela conhece o bad boy Hardin (Hero Fiennes-Tiffin) em sua primeira semana de faculdade.

Embora a relação dos dois seja bastante intensa de início, já que eles começam a morar juntos em pouquíssimo tempo de relacionamento, os dois também vivem conflitos inevitáveis. Hardin, aos poucos, vai questionando diversos pontos da vida de Tessa e o que a vemos em cena vai ruindo cada vez mais.

Love

(Reprodução) RT Features

Por último, um dos filmes mais polêmicos dos últimos anos em termos de cenas explícitas. O francês Gaspar Noé, inclusive, teve dificuldades com a escolha do elenco já que os atores aparecem completamente nus e excitados. 

O drama de Love, lançado nos cinemas em 3D, apresenta um casal de namorados com muitos conflitos internos e mal resolvidos. Quando eles conhecem Electra (Aomi Muyock), uma mulher misteriosa, a relação dos dois fica ainda mais apimentada.

As cenas quentes se repetem por toda a narrativa, contrastadas a uma fotografia de cores bem climáticas e uma trilha sonora minimalista, capazes de evocar diversos sentimentos.

Pronto. Agora você pode continuar na vibe enquanto a sequência de 365 DNI não chega!

Texto escrito por Matheus Rocha da Silva via Nexperts.

Fontes

Streaming: conheça 5 filmes parecidos com 365 DNI da Netflix