Indicação da Semana #12: Dark, a série mais intrigante da Netflix

Minha Série
Imagem de: Indicação da Semana #12: Dark, a série mais intrigante da Netflix

Quem está ansioso pela estreia da terceira temporada de Dark na Netflix aí? Lançada em 2017, a série Dark foi a primeira produção alemã original do streaming. Embora bastante promissora, a narrativa intrincada e repleta de mistérios deixou o público angustiado para saber o que estava acontecendo, já que havia uma quantidade significativa de informações soltas trazidas logo de cara. 

Por dez episódios, na primeira temporada, muita gente precisou revisitar diversos momentos da série de mistério ao lerem algumas teorias espalhadas na internet. Tudo isso para conseguir juntar os pontos fragmentados pelos roteiristas. Mas depois de algumas explicações da 2ª temporada de Dark, o que podemos esperar de uma 3ª temporada?

(Reprodução) Netflix/Reprodução

Como podemos ver, se trata de uma produção bastante intrigante e que possui um enredo repleto de linhas temporais que se cruzam a todo momento. Por isso, Dark é a nossa Indicação da Semana!

Explicação da 2ª temporada de Dark e a relação espaço-tempo 

Criada por Baran bo Odar e Jantje Friese, a série já foi comparada com Stranger Things durante o seu lançamento por ter como ponto de partida o desaparecimento de uma criança. Tudo começa quando o jovem Mikkel Nielsen (Daan Lennard Liebrenz) cruza uma espécie de buraco de minhoca em uma floresta, próximo da fictícia cidade de Winden, na Alemanha.

Um buraco de minhoca, aliás, seria como um atalho para a relação espaço-tempo. Desse modo, ao entrarmos por uma das pontas de um túnel em uma determinada época, por exemplo, ao chegar ao seu final, estaremos em outro período do tempo.

(Reprodução) Netflix/Reprodução

Esse desaparecimento repleto de drama e suspense traz consigo uma série de implicações um tanto quanto enigmáticas entre os membros de quatro famílias. Com alguns dos principais segredos parcialmente expostos, notícias de desaparecimentos de mais crianças e de outros problemas, descobrimos mais da trajetória de Jonas (potagonista que viaja pelo tempo para resolver os mistérios de Dark).

O impacto gerado por todas essas coincidências, aos poucos, vai montando o quebra-cabeças repleto de peças espalhadas por algumas épocas diferentes, tudo porque a linha temporal é afetada. Mas há uma explicação lógica para isso: no passado, Winden sofreu um acidente nuclear que, de alguma forma, afetou tudo o que havia de normal por lá.

Na 2ª temporada de Dark, Jonas vai até o futuro e entende ainda mais da trama temporal. Ele também encontra o misterioso personagem Adam, responsável pelo grupo de viajantes temporais Sic Mundus, que fornece respostas bem intrigantes. Ele diz, por exemplo, que ele, na verdade, é Jonas no futuro!

O objetivo principal de Adam é controlar o tempo. Ou seja, ele se torna uma espécie de vilão ao longo do tempo. Porém, Jonas, que é Adam durante a juventude, não chegou nesse ponto ainda e tenta encontrar uma maneira de impedir seu próprio destino. Loucura, certo?  

Mesmo com todos esses enigmas, a série ganhou um enorme prestígio por ter aprovação imediata entre os principais críticos. E ainda que tenha um conceito embaralhado, conseguiu atrair a audiência, fazer um grandioso sucesso e conquistar ainda mais o público.

Dark 3ª temporada: o que podemos esperar ao final da série da Netflix?

Depois de duas temporadas muito bem arquitetadas e repletas de personagens duvidosos, os fãs já estão ansiosos para o que vem por aí. A gigante do streaming já liberou o trailer arrepiante correspondente à 3ª temporada, que ao exibir seus oito episódios deverá encerrar a trama.

(Reprodução) Netflix/Reprodução

No entanto, há algumas respostas importantes a serem respondidas a quem acompanha a série, como, por exemplo, como começou a guerra pelo controle do tempo encabeçada pelo Sic Mundus, entre outras questões bem relevantes sobre Adam.

Contudo, certamente uma das principais questões que os espectadores querem que seja finalmente trabalhada nessa última temporada de Dark é o caos. Isso porque tudo está conectado temporalmente e o impacto das mudanças para corrigir certas coisas, com as viagens no tempo, implicam que tudo se reconfigure. Como isso vai ser amarrado no final de Dark?

Veja o trailer de Dark 3:

Ficou interessado em conferir? Saiba que a 3ª temporada de Dark estreia na Netflix no dia 27 de junho.

Texto escrito por Matheus Rocha da Silva via Nexperts.

Fontes

Indicação da Semana #12: Dark, a série mais intrigante da Netflix