A Microsoft anunciou esta semana que tomou novas medidas para acabar com a chamada “pornografia de vingança” de seus sistemas. A partir de agora, vítimas de ações do tipo podem remover por conta própria conteúdos explícitos de sistemas como o Bing, o OneDrive e a Xbox LIVE.

Para isso, a empresa criou um formulário online que pode ser preenchido por qualquer pessoa que queira apagar conteúdos relacionados a sua identidade. A novidade também inclui espaços nos quais é possível incluir documentos legais como boletins de ocorrência, que ajudam a agilizar o processo de remoção.

“Queremos colocar as vítimas de volta no controle de suas imagens e de sua privacidade”, explicou a chefe de segurança da Microsoft, Jacqueline Beauchere. Com a decisão, a companhia se une ao Facebook, Google, Reddit e Twitter na promessa de eliminar a difusão de imagens relacionadas à pornografia de vingança.

Essa prática acontece quando, após o fim de um relacionamento, uma das partes decide divulgar imagens íntimas de seu ex-parceiro a fim de constrangê-lo nos mais diversos níveis. Muitas vezes, esse conteúdo acaba parando nas mãos de páginas que cobram “resgates” para retirar o material do ar.

Via Baixaki Jogos.

Cupons de desconto TecMundo: