Conceito de tablet da empresa servia para utilizar armazenamento em nuvem. (Fonte da imagem: Reprodução/Bloomberg)

Não há dúvidas de que a Microsoft é uma das companhias mais importantes atualmente para o setor de tecnologia. Seus produtos são usados largamente mundo afora, mas o reinado do Windows, principalmente, tem preocupado muita gente. A última versão do SO da empresa não agradou tanto quanto esperado e a venda de PCs tem enfrentado duras quedas, afetando diretamente a companhia. O curioso é que, há mais de uma década, a Microsoft já tinha uma ideia incrivelmente clara do que estaríamos enfrentando hoje e, mesmo assim, não se mexeu para se manter no topo.

A grande prova disso é este vídeo de 2000 encontrado pelo Bloomgberg. Nele, a Microsoft mostrou o que esperava para nossa década, com tablets, armazenamento em nuvem, comandos de voz para o carro e computadores, além de uma série de possibilidades de compartilhamento de conteúdo via web. Apesar de não ser na época uma coisa tão futurista, as chamadas de vídeo apresentadas no filme são bastante parecidas com o que temos hoje.

Mas se a Microsoft previa tudo isso com tamanha precisão, o que fez a empresa ficar para trás em quase todos esses conceitos de tecnologia que mostrou já no ano 2000. O próprio Bloomberg comenta uma série de decisões erradas feitas por conta de desentendimentos internos. Alguns queriam esse futuro enquanto outros achavam que nada daquilo se seria realidade em tão pouco tempo.

O Windows Vista foi mencionado com um grande fracasso de alguns anos atrás e as vendas modestas do Surface, a própria aposta da empresa no mundo dos tablets, deixaram a Microsoft ainda mais para trás.

Cupons de desconto TecMundo: