De acordo com informações do jornal americano The Wall Street Journal, a Microsoft está sendo investigada por envolvimento com suborno. A matéria conta que o governo americano está analisando acusações de que a Microsoft estaria subornando pessoas de outros países para vender contratos de software.

As alegações feitas por um ex-empregado da companhia na China dizem que um executivo da Microsoft no país era orientado a fornecer uma “ajuda” a funcionários chineses em troca de contratos.

A Microsoft diz que investigou essas alegações internamente e afirma que a pessoa que fez as acusações estava envolvida em uma disputa trabalhista com a empresa na China, e que essas denúncias já têm pelo menos três anos.

Acusações também na Itália

A outra parte da investigação inclui reclamações que envolvem programas de fidelidade. Alega-se que o braço italiano da Microsoft teria usado consultores como uma forma de oferecer presentes e viagens para os funcionários do governo italiano em troca de negócios com o estado.

As investigações ainda estão apenas no início, mas a Microsoft declarou que, sempre que recebe acusações de conduta ilegal de algum funcionário ou parceiro comercial, coopera com a investigação de todas as maneiras possíveis para esclarecer a situação.

Cupons de desconto TecMundo: