(Fonte da imagem: Divulgação/Microsoft)

Uma decisão do Procon pode levar a Microsoft Brasil a pagar multas bem salgadas nos próximos meses. Depois de uma série de reclamações dos consumidores, foi constatado que o Windows 8 estaria sendo vendido de maneira irregular em todo o país — não por não oferecer o que havia prometido, mas por falta de informações na embalagem dos discos de instalação vendidos em todo o território brasileiro.

Em nenhum local das caixas do Windows 8 fica evidenciado que o sistema operacional é apenas uma atualização — demandando a presença prévia dos sistemas Windows 7, Windows Vista ou Windows XP SP3 —, não podendo ser instalado como o primeiro sistema de computador. Por essa razão, alguns consumidores não conseguiram instalar o que haviam acabado de comprar.

O Procon informou que a Microsoft precisa regularizar a situação das embalagens do Windows 8 até o dia 17 de fevereiro. Depois disso, cada cliente que reclamar da situação representará uma multa de R$ 2 mil para a empresa. Além disso, uma multa de R$ 1 milhão pode ser aplicada se o problema não for resolvido até a data pré-determinada. Vale lembrar que a versão completa do Windows 8 ainda não está disponível no varejo.

Cupons de desconto TecMundo: