Testar e treinar robôs e drones não são tarefas das mais fáceis. E é aí que entra uma nova ferramenta da Microsoft, a plataforma Aerial Informatics and Robotics: com ela é possível utilizar uma grande base de dados com a máquina de aprendizado da companhia e simular ambientes e contextos. A novidade já está disponível gratuitamente, em código aberto, por meio da comunidade de desenvolvimento GitHub.

Versão beta da plataforma pode ser adquirida gratuitamente na comunidade de desenvolvedores GitHub

A versão beta está disponível para Linux e Windows e vem com interfaces populares, como a Robot Operating System, que já vem carregada com suporte a vários modelos de máquinas voadoras e sensores. O projeto vem com frameworks capazes de gerar novos algoritmos para percepção e controle de tarefas.

Simulações realistas

As simulações comportam renderização realista de ambientes e conta com um sistema avançado de cálculo de física. Você pode, por exemplo, avaliar como o gadget se comporta durante o voo, em locais com obstáculos como árvores ou fios de eletricidade. E não pára por aí: a companhia de Redmond vem acrescentando mais recursos e a ideia é expandir o programa para as mais variadas finalidades.

“Você pode pensar nisso como um gerador de dados. Se você tem qualquer tipo de sensor, como um barômetro, ou, digamos, um laser ou radar, você pode gerar uma grande quantidade de dados de treinamento para qualquer uma dessas modalidades de detecção", explica o responsável pelo iniciativa, Ashish Kapoor.

Confira um vídeo de demonstração: