No dia 29 de abril deste ano, a Microsoft decidiu encerrar as atividades do estúdio Lionhead, pondo fim a uma história de 20 anos iniciada em 1996. Poucos meses após a decisão, alguns profissionais que trabalharam no estúdio começaram a revelar o que acontecia em seus bastidores, mostrando que muitos elementos dessa história vão além do que foi divulgado por meios oficiais.

Segundo uma reportagem veiculada pelo Kotaku do Reino Unido, o estúdio se viu prejudicado por um público-alvo cada vez menor para o projeto Fable Legends. Além de as vendas do Xbox One ficarem abaixo do que foi previsto inicialmente, o Windows 10 não correspondeu às expectativas definidas anteriormente.

“Vamos ser honestos — fazemos projeções baseadas em uma série de premissas”, afirmou um ex-funcionário próximo à Microsoft. “Deveria haver o dobro de Xboxes do que há atualmente. Também deveria haver o dobro de instalações do Windows 10. Então agora temos que ver quanto dinheiro Legends poderia fazer no universo free-to-play e cortar isso pela metade. Porque só conseguimos atingir metade do público pretendido”.

Estúdios com desempenho abaixo do esperado

Outra fonte consultada pelo Kotaku afirma que a decisão final de fechar a Lionhead surgiu quando a Microsoft estava fazendo seu planejamento fiscal. A empresa não era o único estúdio first-party que estava tendo problemas, mas era preciso fazer cortes naqueles considerados menos importantes.

O desempenho de Halo 5 e Minecraft prejudicou o futuro de Fable Legends

“Eu acredito que Phil Spencer se sente mal quanto à Lionhead, mas acredito que ele tem que tem que encarar a Microsoft Studios como um negócio”, afirmou o funcionário. “Estúdios first-party não estão indo muito bem. Halo 5 foi uma grande falha, comparado com as projeções. Minecraft foi um grande erro, comparado com as previsões. Comparado a qualquer um desses, a Lionhead é praticamente um erro de arredondamento. Mas se você acha que a divisão não tem o desempenho esperado, você tem que trazer a seu chefe algo para sacrificar”.

Cupons de desconto TecMundo: