São várias as opções de navegadores disponíveis. Contudo, uma "unanimidade" na internet é quase certa: fuja do Internet Explorer. Apesar de as últimas versões terem melhorias, ele não voltou aos corações e às mentes dos internautas. Então, a Microsoft apostou no Project Spartan, um navegador totalmente reformulado e com um novo design. Ao que parece, os primeiros resultados positivos estão surgindo.

O Neowin fez alguns testes de benchmark com o browser e ele se saiu melhor que o esperado, batendo até o Google Chrome, um dos navegadores mais utilizados e queridos no mundo. No teste Octane 2.0, uma avaliação criada pela própria Google, o Spartan alcançou 32 mil pontos, enquanto o Chrome ficou nos 30 mil. Não pode parecer muito, mas veja: o Internet Explorer 11, no Windows 8.1, marcava apenas 17 mil pontos. Em terceiro lugar, o Firefox Nightly fica com 27 mil.

Outro benchmark de HTML5 mostrou um avanço da Microsoft. Apesar de o líder ainda ser o Chrome, com 535 pontos, o Spartan chegou aos 400 — e o IE morria na praia com 336 pontos.

E o que tudo isso significa? O Spartan vai ser um sucesso, cair na graça da internet e roubar o mercado do Chrome, Firefox e tantos outros navegadores? A resposta é não. Pelo menos, ainda é muito cedo para a Microsoft cantar vitória antes da hora. Também já sabemos que testes de benchmark podem ser fraudados. Contudo, os consumidores só têm o que comemorar, pois um provável grande produto vai chegar em breve.

Cupons de desconto TecMundo: