Fraude nos Correios: PF apreende R$ 3,5 milhões em investigação

1 min de leitura
Imagem de: Fraude nos Correios: PF apreende R$ 3,5 milhões em investigação
Imagem: Agência Brasil
Avatar do autor

A Polícia Federal (PF) encontrou, na manhã desta segunda-feira (04), R$ 3,5 milhões na casa de um empresário do Rio de Janeiro que estaria envolvido em um sistema de fraudes nos Correios, que causou um prejuízo de R$ 94 milhões à estatal. A ação é parte da segunda fase da Operação Postal Off, que teve início no final de 2018, em Santa Catarina.

O empresário, que não foi identificado, era responsável por algumas agências franqueadas dos Correios, ligadas ao núcleo empresarial da organização criminosa que foi investigada na 1ª fase da Operação. 

Funcionários suspeitos 

Dinheiro que foi apreendido na residência de um empresário investigado no Rio de Janeiro.Dinheiro que foi apreendido na residência de um empresário investigado no Rio de Janeiro.Fonte:  PF-RJ/Divulgação 

Segundo a PF, a organização subfaturava valores da estatal e desviava importantes clientes para si própria. A organização ainda fazia com que grandes cargas fossem distribuídas sem faturamento ou com faturamento muito inferior ao devido.

Nesta segunda fase da operação, o objetivo principal era prender um empresário titular de agências franqueada dos Correios e mais sete funcionários da estatal, que contribuíram diretamente para a realização dos crimes. Atualmente, a PF cumpre 12 mandados de busca e apreensão nas cidades de São Paulo, Praia Grande (SP), São Vicente (SP) e no Rio.

Na primeira fase da Postal Off, R$ 55 milhões foram recuperados com a prisão do ex-deputado federal Indio da Costa, que também se envolveu no esquema. Agora, os criminosos responderão por crimes como corrupção passiva e ativa, estelionato, violação de sigilo funcional e formação de organização criminosa.

Fontes

Fraude nos Correios: PF apreende R$ 3,5 milhões em investigação