CEO da Google diz ter dúvidas sobre modelo home office permanente

1 min de leitura
Imagem de: CEO da Google diz ter dúvidas sobre modelo home office permanente
Imagem: Wikipedia
Avatar do autor

Sundar Pichai, CEO da Google, disse ainda não saber se grande parte dos funcionários da gigante das buscas vai trabalhar de casa permanentemente. A informação foi revelada em entrevista à Wired, na qual o executivo considerou o cenário atual como incerto para esse tipo de decisão.

“Quão produtivos seremos quando diferentes equipes que normalmente não trabalham juntas tiverem que se reunir para o brainstorming, e o processo criativo? Vamos ter que pesquisar, pesquisar, aprender com os dados, aprender o que funciona”, explicou Pichai à revista.

A resposta vai na contramão do previsto por Mark Zuckerberg, ao declarar recentemente que pelo menos metade da força de trabalho do Facebook seria executada em regime domiciliar até o final da década.

Assim como Jack Dorsey, presidente do Twitter, o dono das principais redes sociais do mundo também liberou os colaboradores para aturem fora de seus escritórios oficiais por período indeterminado, mesmo após a pandemia do coronavírus.

Sundar Pichai diz que Google ainda vai avaliar se modelo home office será benéfico para a companhia.Sundar Pichai diz que Google ainda vai avaliar se modelo home office será benéfico para a companhia.Fonte:  Wikipedia Commons 

Google, segurança e pandemia

Sobre a relação da Google e suas tecnologias com o período da pandemia, Sundar Pichai detalhou à Wired que “o mais cedo possível” foi adotado “um modelo global e distribuído de home office”.

Em março, a companhia recomendou que seus empregados operassem atividades de trabalho de casa, para evitar o contágio da covid-19. Na época ainda operou com escalas reduzidas e lançou planos de licença médica, caso alguém apresentasse os sintomas da doença.

O CEO também apontou que a Google procurou lançar novas ferramentas de teor informacional em meio à crise de saúde. “Então percebemos que era importante intensificar nossos produtos e serviços, mas também a ajuda que podemos oferecer às comunidades e instituições”, ressaltou.

Quando o coronavírus começou a ser uma preocupação global, a Google anunciou uma parceria com a Apple para criar um sistema de coletas de dados para combater o contágio da covid-19. O buscador também ganhou recursos integrados com atualizações oficiais sobre o assunto junto das divisões Notícias e Maps.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
CEO da Google diz ter dúvidas sobre modelo home office permanente