Depois da retomada dos Macs, no final dos anos 90, e da chegada dos iPodsiPhones nos anos 2000, a Apple se tornou sinônimo de inovação no setor tecnológico. Mas… Desde que Steve Jobs nos deixou, a companhia tem tido dificuldades na tarefa de lançar algo realmente transformador no atual cenário. E isso se reflete no ranking anual da revista Fast Company, que toda temporada seleciona as “50 Empresas Mais Inovadoras do Mundo”.

Na lista do ano passado, a Maçã figurou em primeiro lugar porque em 2017 anunciou o Face ID com o iPhone X, que também implementou novidades em realidade aumentada (RA) — como a plataforma de desenvolvimento ARKit, que vem ajudando a impulsionar o segmento.

Além disso, no mesmo ano o Apple Watch Series 3 trouxe melhorias para os cuidados médicos com dispositivos vestíveis, a exemplo do CareKit e do ResearchKit. O primeiro permite às pessoas gerenciar suas condições de saúde e o segundo ajuda os pesquisadores a coletar dados confiáveis em seus estudos.

appleFonte: Apple

Entretanto, neste ano a Apple despencou para a 17ª posição. O processador A12 Bionic é um componente primoroso, com 6,9 bilhões de transistores em 7 nm, capazes de entregar um desempenho superior, com mais velocidade e menor consumo de energia. Mas, “só” isso não foi o suficiente para bater os concorrentes.

Asiáticos chegam ao topo

Segundo a Fast Company, as duas companhias mais inovadoras de 2018 são asiáticas. A líder da temporada é a Meituan Dianping, plataforma chinesa que agiliza a reserva e a entrega de serviços de alimentação, hotelaria, cinema, entre outros. Ela gerou nada menos do que 27,7 bilhões de transações — o equivalente a US$ 33,8 bilhões — para 350 milhões de pessoas em 2,8 mil cidades.

NBA, Disney e a startup de moda Stitch Fix foram citadas entre as cinco mais inovadoras da temporada

A segunda posição ficou com a Grab, de Cingapura, que “forçou” a saída do Uber, adquirindo suas operações locais. Ela expandiu o aplicativo para oferecer entregas de alimentos, reservas de viagens, serviços financeiros, entre outros. Atualmente, conta com 130 milhões de usuários ativos e gerou mais de US$ 1 bilhão em receita em 2018.

No Top 5 ficaram a NBA, que melhorou a transmissão de jogos em streaming e implementou sua liga de eSports com o game NBA 2K League; a Walt Disney Company, que remodelou seus serviços para entrar no mercado atualmente dominado pela Netflix; e a Stitch Fix, startup de moda que entrega caixas de roupas femininas, a partir de uma curadoria que mistura opinião humana e algoritmos.

grabFonte: Fast Company

Para compor a lista, os editores e escritores da Fast Company procuraram empresas inovadoras em 35 setores e em todas as regiões do mundo, incluindo indicações por meio de um processo de inscrição. No total, foram avaliadas 410 organizações.

Cupons de desconto TecMundo: