Temer autoriza capital estrangeiro em 100% das fintechs no Brasil

1 min de leitura
Imagem de: Temer autoriza capital estrangeiro em 100% das fintechs no Brasil
Avatar do autor

O presidente Michel Temer autorizou ontem (30), por meio do Decreto nº 9.544, a participação estrangeira em até 100% do capital social de fintechs brasileiras. Segundo o governo federal, a medida tem como objetivo aumentar a concorrência no sistema financeiro do Brasil.

As fintechs não precisam mais de autorização presidencial para capital estrangeiro

De acordo com o decreto, “é do interesse do Governo brasileiro a participação estrangeira de até cem por cento no capital social de Sociedades de Crédito Direto e de Sociedades de Empréstimo entre Pessoas autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil”.

Agora, as fintechs não precisam mais de autorização presidencial para capital estrangeiro, afirma a Folha de SP. Só fica necessária a autorização do Banco Central do Brasil. “Sua atuação (das fintechs) aumentará a concorrência no sistema financeiro, contribuindo para a redução do custo do crédito, mediante oferta de produtos a um público ainda não plenamente atendido pelo sistema bancário tradicional, composto principalmente por pessoas físicas e microempresas”, disse o BC. “A realização de investimentos estrangeiros nas fintechs é fundamental para fomentar avanços contínuos em inovações tecnológicas e permitir que tais instituições ampliem o leque de produtos financeiros diferenciados e inovadores.”

Categorias

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Temer autoriza capital estrangeiro em 100% das fintechs no Brasil