De acordo com informações da Counterpoint Research, a Apple foi a empresa que mais lucrou no mercado global de smartphones durante ao terceiro trimestre de 2018. Mas não só isso, a Maçã abocanhou nada menos que 62% de todo o lucro registrado nesse segmento da economia, deixando suas concorrentes muito para trás.

A Samsung, por exemplo, que ocupou o segundo lugar no levantamento da Counterpoint Research, ficou com 17% do total de lucro do mercado de smartphones nesse período. Em outras palavras, a Apple consegue ganhar 3,6 vezes mais dinheiro que a Samsung vendendo menos unidades de smartphones.

Isso tem a ver não apenas com o fato de a Apple jogar apenas no mercado de aparelhos top de linha, mas também dis respeito aos altos preços que a empresa cobra na comparação com suas concorrentes.

iphoneiPhones Xs e Xs Max. Nos EUA, os aparelhos saem por US$ 1 mil e US$ 1,1mil.

Depois da Samsung, temos a Huawei, que ficou com 8% do total de lucro, seguida por Oppo (5%), Vivo (4%) e Xiaomi (3%). Juntas, essas quatro empresas chinesas conseguiram arrecadar 20% de todo o lucro geral do trimestre, o que ainda é três vezes menos do que a Apple abocanha sozinha.

Counterpoint Research estima que a Apple tenha colocado US$ 6 bilhões no bolso

Não há números oficiais absolutos de lucros e receitas para todas essas empresas fazendo o recorte do mercado de smartphones, mas a Counterpoint Research estima que a Apple tenha colocado US$ 6 bilhões no bolso.

E diferente do que você poderia imaginar, o mercado de smartphones top de linha — o dos mais caros — é o único que cresce de forma saudável. Enquanto o mercado geral de celulares encolheu 1% no terceiro trimestre deste ano, o mercado de aparelhos top de linha, que custam mais de US$ 400, cresceu 7%. Ou seja, aparelhos mais baratos estão vendendo cada vez menos, e os mais caros estão vendendo mais.

Vender mais caro

Considerando também que esses dispositivos mais caros conseguem gerar as maiores margens de lucro para as fabricantes, empresas como a Samsung lutam para se posicionar nesse mercado de forma mais estável. Contudo, o Galaxy S9 da empresa não vendeu tanto quanto se esperava. Entre as chinesas, Oppo e Huawei são as que mais apostam nesse segmento, mas ainda estão muito atrás de Apple e Samsung.

Do total de smartphones top de linha (acima de US$ 400), 43% dos modelos vendidos no período foram feitos pela Apple. Enquanto isso, apenas 24% saíram das fábricas da Samsung. 10% desses modelos eram Oppo e 9% Huawei. A Xiaomi ficou com 3%, e a OnePlus com 2%.

Cupons de desconto TecMundo: