Durante a tarde da última quinta-feira (02), a Apple ultrapassou a marca de US$ 1 trilhão em capitalização de mercado. Isso quer dizer que a soma de todas as ações da empresa chegou a um patamar histórico para o mercado ocidental. A empresa foi a primeira deste lado do planeta a valer tanto dinheiro, e a segunda do mundo, atrás apenas da PetroChina, que alcançou US$ 1 trilhão em 2007. Os valores das ações da petroleira caíram posteriormente e, hoje, ela vale US$ 205 bilhões. Para marcar essa ocasião, o CEO da Maçã, Tim Cook, enviou uma carta aos colaboradores.

Cook ressaltou que, apesar de a Apple ter alcançado a valorização de um trilhão de dólares, esta não deve ser a métrica que a empresa deve usar para medir seu sucesso. Em vez disso, o valor das ações seriam simplesmente um reflexo do trabalho de todo mundo na Apple.

apple

Resultados financeiros são simplesmente o produto da inovação da Apple

“Hoje, a Apple ultrapassou uma marca significativa. Ao final do pregão, o preço das nossas ações ficou em US$ 207,13, e agora o mercado de ações valoriza a Apple em mais de US$ 1 trilhão. Ao passo que temos muito do que nos orgulhar com essa conquista, ela não é a métrica mais importante do nosso sucesso. Resultados financeiros são simplesmente o produto da inovação da Apple, de colocar os nossos clientes acima de tudo, e sempre honrar nossos valores”, escreveu Cook.

O CEO da Maçã ainda relembrou um pensamento de Steve Jobs, que teria fundado a Apple com o intuito de juntar em uma só empresa várias pessoas capazes de mudar o mundo. “Steve fundou a Apple acreditando que o poder da criatividade humana pode superar até os desafios mais difíceis — e que as pessoas loucas o suficiente para pensar que podem mudar o mundo acabam sendo aquelas de que de fato o mudam. No mundo de hoje, nossa missão é mais importante do que nunca. Nossos produtos não apenas criam momentos de surpresa e alegria, eles empoderam pessoas ao redor do mundo para que possam enriquecer suas próprias vidas e também a dos outros”, completou.

Pessoas loucas o suficiente para pensar que podem mudar o mundo acabam sendo aquelas de que de fato o mudam

No momento da publicação desta notícia, as ações da Apple valiam US$ 208 cada, com oscilações constantes. Isso, contudo, faz com que a Maçã tenha um valor de mercado fixado em US$ 1,005 trilhão. Enquanto isso, a Amazon — a antiga favorita dos analistas para se tornar a primeira empresa ocidental a alcançar a marca do trilhão — está em queda, valendo US$ 981 bilhões. A Google (Alphabet Inc.) também em queda fica nos US$ 848 bilhões, e a Microsoft se mantém estável com US$ 826 bilhões.

Cupons de desconto TecMundo: