O impasse gerado pela liquidação extrajudicial do Banco Neon na última sexta-feira (4) está próximo de ser solucionado. Hoje (7), a Neon Pagamentos anunciou o Banco Votorantim como o seu novo parceiro para voltar a operar normalmente.

Conforme nota divulgada na última semana, Neon Pagamentos e Banco Neon atuavam de forma conjunta, mas são empresas separadas. A Neon Pagamentos nasceu como Contro.ly, criada por Pedro Conrade, e teve seu nome alterado após entrar em uma joint venture com o Banco Pottencial, que mudou seu nome para Banco Neon.

Agora, quem assume a parte de gestão de contas dos clientes da fintech é o Banco Votorantim, afinal apenas o Banco Neon (que, apesar dar nome à parceria entre as duas companhias é apenas parte dela) foi impedido de atuar pelo Banco Central.

Apesar da novidade, ainda não há uma data estipulada para que tudo volte a funcionar normalmente.

Cupons de desconto TecMundo: