Não é de hoje que Elon Musk vem comentando sobre os riscos que o desenvolvimento da inteligência artificial pode trazer para, bem, a nossa existência aqui na Terra. Agora, o CEO e cofundador de empresas como Tesla, SpaceX e The Boring Company voltou a falar sobre o assunto – e ele não ficou nem um pouco mais otimista sobre a ideia de que talvez nós estejamos criando uma Skynet.

De acordo com a Fortune, o executivo acredita que a inteligência artificial é um “risco fundamental para a existência da civilização humana” e voltou a pedir para que o governo crie regulamentações a respeito do assunto. Ele sugere que passos sejam dados agora enquanto a tecnologia ainda está no começo do que deixar para reagir depois, o famoso “é melhor prevenir do que remediar”.

“A IA é um risco fundamental para a existência da civilização humana de um jeito que acidentes de carros, tragédias aéreas, drogas ou comidas estragadas nunca foram”, descreve Musk. Outra preocupação do gênio/bilionário é a perda de empregos e o significado disso para a sociedade – algo que já acontece, por exemplo, na indústria automotiva, em que robôs já fazem boa parte da manufatura dos veículos.

“Ela [a inteligência artificial] pode começar uma guerra ao publicar notícias faltas e invadindo contas de e-mails e fabricando press releases, tudo isso só manipulando informação. A caneta é mais poderosa que a espada”, disse.

Ainda assim, Musk diz que é contra a regulamementação excessiva, mas que, no caso da inteligência artificial, é preciso fazer algo – e rápido.

Cupons de desconto TecMundo: