Todo mundo que já teve que fazer textos em um computador, seja por conta de suas carreiras ou por trabalhos escolares, conhece fontes famosas como Helvetica e Times New Roman. O que pouca gente sabe, no entanto, é que esses e outros tipos de letras pertencem ao maior conglomerado tipográfico do mundo, a Monotype – e a companhia agora está entrando no mundo dos emojis e stickers.

A corporação anunciou recentemente a aquisição de uma pequena empresa especializada nesses tipos de ícones e desenhos, a Swyft Media, pelo valor de US$ 12 milhões. A companhia adquirida costuma produzir pacotes de emojis e stickers baseados em temas diversos que são então vendidos para aplicativos de mensagens – como um conjunto de desenhos relacionados a um novo filme, por exemplo. Os apps, por sua vez, vendem as novidades aos seus usuários.

Segundo as empresas, o negócio não significa necessariamente que as fontes de computadores passarão a incluir emojis, já que a Swift vai continuar a operar de forma independente. No entanto, a compra abre a possibilidade para que, em um futuro próximo, os usuários de aplicativos de mensagem possam escolher tipos de letras customizados na hora de digitar.

Expandindo horizontes

“A aquisição nos fornece uma oportunidade significativa de chegar a mais pessoas no mercado e fornecer serviços aos números explosivos de consumidores ao redor do mundo que estão famintos por novas formas únicas de se expressarem em apps mensageiros – com os millennials no centro desse movimento e as nossas fontes fazendo parte da autoexpressão”, disse Doug Shaw, presidente da Monotype.

A empresa dos tipos de letras deve incluir fontes novas entre as ofertas da Swyft com o objetivo de “educar” os consumidores fanáticos por emojis e “introduzi-los à tipografia”, disse Shaw. Além disso, a mudança também representa uma “oportunidade significativa de receita” para a Monotype, que agora pode ampliar consideravelmente sua base de clientes.

Cupons de desconto TecMundo: