(Fonte da imagem: divulgação/Apple)

Várias fontes internacionais, todas ligadas à Apple, estão revelando uma função do Mac OS X Lion que poucos sabiam. Seguindo os mesmos passos do Chrome OS, o sistema da empresa de Steve Jobs deve permitir que os usuários reiniciem o sistema para o “Modo Safari”, que possui apenas o navegador disponível, não permitindo acesso a arquivos e informações de usuário.

Em um primeiro momento, a opção parece ser pouco útil, já que é necessário reiniciar o computador para obter acesso à função, mas em análises mais profundas a história muda bastante. Softwares de rastreio de computadores roubados ou perdidos precisam de conexão com a internet para funcionar (mesmo em segundo plano) e, com o modo Safari, eles poderiam ser ativados para localizarem as máquinas.

Agora é necessário esperar pelo lançamento oficial do Mac OS X Lion para sabermos se a função realmente será incluída no sistema. Outra espera é para saber se softwares de rastreio poderão ser utilizados em segundo plano, permitindo que os usuários localizem seus computadores roubados, com o auxílio do novo recurso.

Novos processadores para o MacBook Air?

Ainda falando em rumores, é possível que em um futuro muito próximo os ultrafinos MacBook Air ganhem um novo processador. Em vez do atual Intel Core 2 Duo, especula-se que quase 400 mil unidades do notebook estejam sendo produzidos com a nova geração dos Intel Core Sandy Bridge, previstos para o final deste mês. 

Cupons de desconto TecMundo: