A Apple anunciou durante a WWDC 2016 o fim do Mac OS X; agora, o sistema operacional da “Maçã” se chama macOS – sua primeira versão, inclusive, ganhou o nome de Sierra (saiba mais aqui). Porém, o novo software não conta apenas com recursos aprimorados de integração entre MacBooks, iPhones, iMacs e iPads: segundo anunciado também pela empresa, um sistema de arquivos deve passar a fazer parte do cotidiano de quem utiliza serviços como iTunes, Siri e iCloud.

Batizado de Apple File System (APFS), o recurso deve consistir em um HFS+ reformulado. Agora, desenvolvedores poderão aprimorar serviços que suportam, por exemplo, o armazenamento de arquivos esparsos e que contam com sistema de proteção contra erros. Como destaque está, ainda, a encriptação, que deve blindar as preferências de segurança e privacidade dos usuários.

Criptografia será um recurso nativo do novo sistema de arquivos

 Prévia para desenvolvedores

O APFS será lançado com o macOS Sierra como uma prévia para desenvolvedores. A versão final do software deverá chegar a público em 2017. Várias limitações deverão acompanhar o sistema nesta etapa, tais como a impossibilidade de ativação durante a inicialização e a falta de compatibilidade com Time Machine e Fusion Drivers. O processo de encriptação através do FileVault também não será suportado pelo novo sistema – ao menos por agora.

Destaques

Dentre os destaques do APFS estão o suporte a arquivos esparsos (não admitidos pelo HFS+), proteção contra erros através da cópia de dados atualizados do sistema, alargamento das capacidades de armazenamento, suporte às operações TRIM para garantia de estabilidade para a hospedagem de arquivos e a disponibilização de funções nativas de encriptação (a partir de AES-XTS ou AES-CBC).

O novo sistema de arquivos será lançado em versão prévia com o macOS Sierra

  • Saiba tudo sobre o novo macOS aqui!

É importante mencionar que todos os aplicativos de terceira parte terão de ser atualizados de acordo com o novo sistema de arquivos. Unidades formatadas sob o formato APFS não serão reconhecidas pelo Mac OS X 10.11 Yosemite e versões anteriores do sistema. Para compartilhar arquivos, uma rede SMB pode ser usada – o protocolo AFP não será suportado por unidades formatadas em APFS.

Mais detalhes técnicos acerca das novidades que devem chegar com a primeira versão do mcOS podem ser conferidas aqui, em inglês.

Cupons de desconto TecMundo: