Se você trabalha em algum escritório ou em instituições bancárias, provavelmente já deve ter visto um triturador de papéis. Essa máquina ajuda a eliminar de vez informações importantes ou sigilosas que não podem cair em mãos erradas. Mas e os arquivos em nossos computadores? Como fazemos para passar pelo “triturador” aquele documento confidencial ou aquela foto constrangedora que não pode ser revelada a ninguém?

Como já sabemos, quando um arquivo é deletado o usuário perde apenas as referências para aquela informação. O sistema somente entende que o espaço ocupado por aquele dado pode ser utilizado para outros propósitos, ou seja, ele continua a existir e é por isso que podemos recuperá-lo utilizando programas específicos.

Então, como fazemos para exterminar os arquivos de uma vez? Cuidado, pois nem destruir completamente o dispositivo de armazenamento pode fazer com que os dados fiquem inacessíveis.

Como alguns já devem ter a resposta na ponta da língua, o método correto para alcançar esse fim seria sobrescrever as informações. É exatamente isso que você conferirá neste artigo com uma seleção de alternativas para dar cabo, de uma vez por todas, dos arquivos que precisam desaparecer do universo.

CCleaner

Ferramenta bastante familiar para todos nós, o CCleaner faz muito mais do que simplesmente uma limpeza no computador. Além de eliminar os dados de navegadores e permitir desinstalar outros aplicativos, o programa também possibilita excluir tudo o que está no espaço livre do disco rígido.

Esse utilitário encontra-se em “Ferramentas” na barra lateral, na opção “Limpeza do dispositivo”. É possível lidar com o espaço livre ou com todo o dispositivo. Por isso, cuidado! Através da segunda alternativa, todos os dados serão apagados. Depois disso, escolhe-se o quão segura será a exclusão e sobre qual disco ela atuará.

O CCleaner também está disponível para Mac.

Hard Drive Eraser

Outra opção para lidar com a limpeza de discos rígidos inteiros é o Hard Drive Eraser. Esse software gratuito oferece quatros formas de apagar os dados definitivamente, sendo uma delas o Write Zeros, opção que coloca um 0 binário (método chamado de Zero Fill) em todo o HD.

A opção Peter Guttman tritura definitivamente todos os arquivos escrevendo várias vezes sobre eles. Ressalta-se que essa alternativa é extremamente lenta e, dependendo do tamanho do seu dispositivo, pode demorar bastante.

Eraser

O Eraser é uma opção muito boa para quem quer lidar com arquivos individuais, e não o disco inteiro. Depois de instalado, o programa cria novas opções para o Windows Explorer ao clicar com o botão direito sobre alguns itens. Configurando o software, também há várias opções de exclusão e pode-se escolher deleção quando o Windows for inicializado.

Advanced SystemCare 7

Outra ferramenta de propósito geral que também tritura arquivos, pastas e a lixeira de forma eficiente é o Advanced SystemCare 7. Clicando sobre a aba “Ferramentas”, o software oferece uma série de utilitários para o sistema.

Um deles é o “Triturar Arquivos”, que faz exatamente isso, mas pode atuar sobre pastas inteiras ou sobre todos os itens enviados para a lixeira. 

Smartphones e tablets

Caso você esteja passando pela mesma situação em seus dispositivos móveis, existe um artigo especial para você excluir os seus dados de aparelhos com Android ou iOS. Apenas ressaltando que esses métodos não deletam os dados definitivamente e, para conseguir isso, também é necessário utilizar ferramentas específicas. 

--

Ainda há uma infinidade de opções para triturar as informações indesejadas ou sigilosas do seu HD ou pendrive. O que também não faltam são ferramentas para recuperar arquivos que foram acidentalmente deletados, mas fica o aviso: se você mandou para o limbo dados utilizando algum dos utilitários acima, dificilmente você conseguirá recuperá-los. Portanto, muita cautela ao excluir definitivamente seus arquivos.