Parceria para crescer no mercado de entrada (Fonte da imagem: Reprodução/Gizbot)

Depois de anos lançando aparelhos com qualidade duvidosa, a LG parece estar acertando a mão com seus modelos mais recentes: o Optimus G, Nexus 4, Optimus G2 e Nexus 5. Todos eles foram bem recebidos pela crítica e pelo público, embora as vendas não estejam tão boas assim.

Uma possível solução para o aumento de vendas e participação do mercado seria melhorar e ampliar a produção de aparelhos de entrada, e isso poderia ser feito através da criação de uma join venture com a Huawei. Pelo menos é isso o que aponta uma notícia do jornal Korea Times.

Foco no mercado de entrada

De acordo com a publicação, a LG estaria disposta a se unir com a Huawei para “reviver seu negócio de smartphones”. Pode parecer meio controverso, com tantos aparelhos sendo elogiados pela imprensa especializada, mas o cerne da questão é o mercado de aparelhos de baixo custo, em que a Huawei é mais forte.

Entretanto, a LG procurou apaziguar o boato com rapidez, dizendo ao site de notícias The Verge que “não há nenhuma discussão com a Huawei sobre qualquer aspecto dos negócios da LG Electronics”.

Parceria de sucesso?

É curioso como a LG tem procurado extinguir essa informação com agressividade. O analista citado pelo jornal Korea Times disse à publicação que a empresa está tendo um “senso de urgência” em melhorar o seu frágil negócio de smartphones, que neste ano foi ultrapassado pela própria Huawei em participação do mercado.

A LG, então, teria como objetivo atingir grandes mercados emergentes, como Índia, China e Brasil, com seus smartphones de entrada. Vendo por esse ângulo, uma parceria com a Huawei poderia fazer sentido.

Cupons de desconto TecMundo: