(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

A utilização de produtos falsificados é arriscada por diversas razões. Além de eles não oferecerem garantias para os consumidores, também não passam por testes de segurança, que são muito importantes para qualquer produto. E, recentemente, um homem chinês sentiu na pele o quanto isso pode ser perigoso, após sofrer uma descarga elétrica de seu iPhone, quando tentou utilizá-lo ainda na tomada com um carregador pirata.

Por causa da descarga elétrica, ele caiu no chão desacordado e foi levado a um hospital. Uma semana de tratamento intensivo permitiu que ele voltasse a respirar normalmente, mas o cérebro dele continua sem atividade — permanecendo o estado de coma. A hipótese mais provável aponta para o aumento da umidade na região (que sofreu com fortes chuvas), que pode ter danificado o sistema de isolamento do carregador.

Essa não é a primeira vez que algo assim acontece na China. Também nesta semana uma jovem de 23 anos teria morrido ao atender a uma ligação em seu iPhone enquanto ele estava carregando. A Apple ainda não se manifestou oficialmente sobre os dois casos, mas lamentou a morte da jovem.

Outros acidentes

Apesar de os riscos maiores ocorrerem com versões falsificadas dos aparelhos, há riscos também para quem utiliza smartphones originais. Recentemente, uma garota sofreu graves queimaduras na perna após o seu Samsung Galaxy S3 entrar em combustão ainda no bolso dela. Acidentes similares já foram vistos também com aparelhos de outras marcas .

Cupons de desconto TecMundo: