(Fonte da imagem: Reprodução/TheVerge)

Nesta semana, a força policial da cidade de Nova York realizou a maior prisão única de armas de fogo já registrada na sua história. Ao todo, foram apreendidas 254 armas variadas — que vão de revólveres a rifles —, sendo que 19 pessoas estavam envolvidas com todo o processo de contrabando de armamento.

Até aqui, a história da apreensão é chamativa apenas por conta do grande número de armas que foi encontrado pela polícia. No entanto, o mais engraçado é o fato de que as autoridades norte-americanas conseguiram acabar com o esquema destas vendas ilegais por causa de postagens feitas no Instagram e YouTube.

Acontece que um dos envolvidos na operação de contrabando é um aspirante a rapper chamado Matthew Best. O rapaz teve a triste ideia de divulgar o seu estilo de vida através de fotos e vídeos, mostrando as grandes quantias de dinheiro obtidas com a venda de armas e registrando até mesmo os seus produtos.

Posts que foram de grande ajuda...

(Fonte da imagem: Reprodução/Buzzfeed)

Por conta dos deslizes do criminoso, a polícia de Nova York conseguiu montar uma operação em que foram utilizadas escutas telefônicas e um policial à paisana. Com isso, as autoridades conseguiram comprar uma grande quantidade de armamento, incluindo um rifle que foi entregue em uma mala com uma estampa bizarra de zebra.

No final das contas, o rapper, que parece ser um tanto quanto desprovido de inteligência, acabou sendo monitorado por meses, resultando no desmantelamento da sua operação e na prisão de todos os seus parceiros de crime. No fim das contas, o Instagram e o Youtube acabaram sendo bons parceiros da polícia, não é mesmo?

Cupons de desconto TecMundo: