Google testa recurso que pode acelerar carregamento de páginas

1 min de leitura
Imagem de: Google testa recurso que pode acelerar carregamento de páginas
Avatar do autor

A Google está testando um modo que deve acelerar o carregamento de páginas durante a navegação e poupar o uso de memória RAM. Nomeado como “Never-slow”, ele promete limitar a exibição de recursos de sites mais pesados e que, portanto, exigem mais do PC. Segundo Alex Russel, desenvolvedor da Google, esse será um “modo de navegação experimental que restringe o carregamento de recursos e o processamento do tempo para fornecer uma experiência consistentemente rápida”.

Para que isso aconteça, o “Never-slow” deve bloquear scripts maiores e definir um limite de memória para várias funções, como: imagens, CSS, tamanho de fontes e scripts. Outro ponto importante é que a ferramenta deve pausar todo o funcionamento de uma página até a próxima interação por parte do usuário. Entretanto, tudo isso está gerando um desafio para os desenvolvedores da companhia: o conteúdo das páginas está deixando de ser exibido de modo inesperado. Durante os testes, provavelmente, o próximo passo será corrigir esse problema.

Fonte: Google.

Soluções para poupar memória RAM usando o Chrome

Para solucionar a questão da memória RAM, o modo deve também priorizar algumas atividades em relação a outras durante a navegação. Nesse sentido, irá executar tarefas de menos importância somente quando o Chrome for fechado. Aqui podem ser inclusas atividades, como: gravação de dados de usuários, limpeza de cache, atualização de componentes e relatórios de uso.

Ainda não se sabe quando o “Never-slow” será aplicado no Chrome. Depois que suas falhas forem corrigidas, com certeza o recurso será muito bem-vindo. Afinal, lentidão durante a navegação e o enorme uso de memória RAM são os problemas mais relatados por usuários do browser mais popular do mundo.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Google testa recurso que pode acelerar carregamento de páginas