De acordo com dados da BBC, uma nova leva de impressoras foram hackeadas mundo afora para promover o youtuber PewDiePie. O sueco oficialmente nomeado Felix Kjellberg tem o maior canal do mundo no YouTube desde 2013, mas, nos últimos meses, vem sendo seriamente ameaçado pelo T-Series, de uma produtora indiana de filmes e clipes.

Hackers já haviam invadido impressoras em nome de PewDiePie anteriormente, mas a nova ação teria supostamente afetado mais de 100 mil aparelhos ao redor do mundo. As impressoras impactadas não param de imprimir a mensagem que você confere a seguir:

PewDiePie Esta é a mensagem que vem sendo impressa em aparelhos invadidos (fonte: BBC)

O que fazer

  1. Desinscreva-se do T-Series
  2. Inscreva-se no PewDiePie
  3. Compartilhe e divulgue essa situação #SalvePewDiePie #PinterHack2
  4. Diga a todos que você conhece. Sério.
  5. Conserte sua impressora. Ela pode ser abusada.
  6. “Toca aqui!”

Não foi possível confirmar o número de impressoras impactadas pela segunda edição do “PrinterHack”, mas parece que, quando ligados, os produtos invadidos não param de imprimir a mesma mensagem em favor de PewDiePie.

Especialistas em segurança aproveitaram a oportunidade para incentivar usuários corporativos e domésticos e auditarem seus aparelhos e descobrir se eles não possuem falhas de segurança como as das impressoras hackeadas.

Os hackers informam que, além de forçar a impressão de mensagens como essas, eles poderiam ainda roubar documentos sensíveis conforme os usuários mandam imprimir ou ainda modificar esses documentos enquanto estão na fila de impressão.

Cupons de desconto TecMundo: