Todo mundo sabe, ou ao menos deveria saber, que o Facebook retém informações pessoais nossas e utiliza essas versões digitais de cada um de nós para vender anúncios — foi assim que Mark Zuckerberg construiu o seu império. Pensando nisso, o desenvolvedor conhecido como Oil Frost resolveu colocar seus dados à venda no eBay.

Usando a própria ferramenta do Facebook para baixar uma cópia de todas as informações que a rede social mantém a seu respeito, ele criou um anúncio no site de comércio eletrônico para tentar faturar alguns trocados com as suas próprias informações.

“Eu entrei no Facebook há 10 anos e acabo de descobrir que estive vendendo meus dados de graça todo esse tempo”, comentou o desenvolvedor ao site Gizmodo. “Por que não tentar ficar com um pouco do dinheiro?”, perguntou.

Oil FrostDesenvolvedor Oil Frost tentou vender seus dados na internet, mas não conseguiu.

Entretanto, apesar de tentar negociar os seus próprios dados, Oil Frost foi impedido pelas próprias regras de privacidade do eBay, que pregam respeito aos termos de uso de outras redes sociais.

“Alguns de seus produtos não seguiam a nossa política de Informação Pessoal e Lista de E-mail”, informou a plataforma na mensagem enviada ao desenvolvedor. “Seus produtos negociavam uma conta do Facebook, o que não é permitido graças às limitações de termos de serviço da maioria das redes sociais, que restringem o impulsionamento artificial de popularidade ou seguidores de seus membros e a venda de contas com seguidores.”

Pelo visto, não é tão simples assim fazer dinheiro com as suas próprias informações pessoais na internet.

Cupons de desconto TecMundo: