A Taggen — empresa especializada em soluções de IoT — apresentou um projeto durante o 1° Fórum Latino-Americano de Internet das Coisas, que aconteceu em setembro do ano passado, que consistia em beacons com tecnologia totalmente brasileira. Agora, a desenvolvedora anunciou o lançamento do produto ao mercado em parceria com a Unidade EMBRAPII CPqD (instituição de pesquisa focada em Tecnologia da Informação e Comunicação).

Beacon é basicamente um dispositivo que emite sinais por Bluetooth Low Energy. Esses sinais podem ser captados por qualquer aparelho que possua recepção da tecnologia, como smatphones e notebooks. Esse tipo de ferramenta só podia ser importada para o Brasil e não possuía o certificado da Anatel, impossibilitando o uso do mesmo. A novidade apresentada pela Taggen, chamada de Taggen Beacon, dá às empresas a oportunidade de criar inúmeras aplicações para auxiliar em seus negócios.

O dispositivo ainda usa padrões de mercado criados pela Apple e Google, o que permite a compatibilidade internacional. Segundo a Taggen, os beacons da empresa reduzem o consumo de energia  e têm durabilidade aumentada em 15% em comparação com os de outros países. Além disso, o sinal é capaz de suportar cerca de 150 metros em campo aberto. A desenvolvedora tem como meta o aumento das parcerias feitas com grandes empresas dentro do ano de 2017.