(Fonte da imagem: Divulgação Intel

A Intel, uma das maiores fabricantes de semicondutores do mundo, anunciou em seu site oficial que passará a vender os Upgrade Cards, cartões específicos que permitirão melhorias de desempenho para alguns modelos de processadores.

A ideia é a seguinte: cada cartão virá com um código para o download do software exclusivo da companhia. Este programa é responsável por liberar novas configurações para as CPUs, gerando aumentos na frequência de operação e até mesmo a liberação de mais memória cache. Em termos gerais, os ganhos de processamento variam entre 10% e 23%.

(Fonte da imagem: Reprodução/Intel)Como isso é possível?

Embora pareça absurdo, a liberação de "mais poder de processamento" é totalmente viável pelo seguinte: a Intel produz chips idênticos, pelo fato disso tornar todo o processo mais barato. Na hora de vender os chips, ela os diferencia desabilitando recursos e algumas regiões. Com os Upgrade Cards, tais recursos são reativados, atingindo o total potencial dos chips.

A situação é a mesma que ocorreu durante a era das placas de vídeo GeForce FX, da NVIDIA, durante a qual usuários faziam modificações tanto via hardware quanto via software para ativar mais regiões dos componentes.

Os cartões serão vendidos em lojas de varejo ou diretamente do site da empresa e custarão aproximadamente US$ 50. Até o momento, serão compatíveis os modelos Intel Core i3-2312M, Core i3-2102 e Pentium G6222.

Cupons de desconto TecMundo: